PUBLICIDADE

Mundo

Sindicato exige que Lufthansa melhore oferta a trabalhadores antes de negociação

24 fev 2024 - 14h55
Compartilhar
Exibir comentários

O sindicato alemão Verdi exigiu neste sábado que a companhia aérea Lufthansa ofereça uma melhor proposta salarial para milhares de funcionários de solo da empresa antes de concordar em realizar uma nova rodada de negociações com o objetivo de evitar novas ações coletivas.

Os funcionários de solo da Lufthansa pararam de trabalhar em importantes aeroportos na terça-feira, na segunda greve neste mês, e que segundo a empresa já prejudicou 100 mil passageiros.

Uma quarta reunião sobre o salário de cerca de 25 mil funcionários de solo acabou sem acordo na quinta-feira, e os dias 13 e 14 de março haviam sido selecionados como datas da próxima rodada, mas o Verdi quer se encontrar antes, para obter um acordo mais rapidamente.

"Os negociadores pediram à Lufthansa que eles se encontrem para uma reunião antes de 13 de março", afirmou Verdi em comunicado. "Contudo, o pré-requisito para isso é uma oferta significativamente melhor pelo empregador, que deve ser entregue com antecedência."

Uma empresa de serviços de mídia que administra a comunicação corporativa da Lufthansa não estava imediatamente disponível para comentar o caso neste fim de semana.

A Alemanha foi atingida por várias greves nacionais que afetam a malha aérea, ferroviária e o transporte público, com trabalhadores exigindo maiores salários para lideram com a inflação alta.

Os patrões, por outro lado, pediram um período de apaziguamento geral, com prioridade para as negociações, já que as greves estão custando às indústrias clientes e empregos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade