PUBLICIDADE

Mundo

Secretário de Estado adjunto dos EUA, Kritenbrink, visita a China entre 14 a 16 de abril

13 abr 2024 - 13h24
(atualizado às 14h06)
Compartilhar
Exibir comentários

O principal diplomata dos Estados Unidos para assuntos do Leste Asiático e Pacífico, Daniel Kritenbrink, visitará a China no domingo, informou o Departamento de Estado, poucos dias depois de o presidente Joe Biden realizar um evento com os líderes do Japão e das Filipinas, que concentrou as conversas nos movimentos agressivos da China no mar da China Meridional ou mar do Sul da China.

Kritenbrink viajará para a China entre 14 a 16 de abril. A diretora sênior do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca para Assuntos da China e Taiwan, Sarah Beran, irá acompanhá-lo, disse o departamento em um comunicado.

Eles se reunirão com autoridades chinesas "como parte dos esforços contínuos de manter abertas as linhas de comunicação e administrar a concorrência de forma responsável", dizia o comunicado.

As Filipinas e a China tiveram diversos desentendimentos marítimos no mês passado, que incluíram o uso de canhões de água e trocas verbais acaloradas. As disputas estão concentradas no Second Thomas Shoal, lar de um pequeno número de tropas filipinas que vivem em um navio de guerra encalhado colocado no local por Manila em 1999 para reforçar as suas reivindicações de soberania.

A China reivindica quase todo o Mar da China Meridional, incluindo as zonas econômicas marítimas das nações vizinhas. O Second Thomas Shoal está dentro da zona econômica exclusiva de 320 km das Filipinas. Uma decisão de 2016 do Tribunal Permanente de Arbitragem concluiu que as reivindicações da China não têm base jurídica.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade