PUBLICIDADE

Mundo

Rússia diz ter enviado 200 mil toneladas de grãos gratuitos para 6 países africanos

20 fev 2024 - 20h55
Compartilhar
Exibir comentários

O ministro da Agricultura da Rússia disse nesta terça-feira que o governo russo havia concluído sua iniciativa de enviar 200 mil toneladas de grãos gratuitos para seis países africanos, conforme prometido pelo presidente Vladimir Putin em julho.

A Rússia enviou 50.000 toneladas para a Somália e a República Centro-Africana e 25.000 toneladas para Mali, Burkina Fasso, Zimbábue e Eritreia, disse o ministro da Agricultura, Dmitry Patrushev, a Putin durante uma reunião, de acordo com a transcrição no site do Kremlin.

Putin havia prometido entregar grãos gratuitos aos seis países em uma cúpula com líderes africanos em julho, logo depois que Moscou se retirou de um acordo que permitia que a Ucrânia enviasse grãos de seus portos do Mar Negro, apesar da guerra que a Rússia vem travando.

O acordo, conhecido como a iniciativa de grãos do Mar Negro, ajudou a reduzir os preços no mercado global. Mas Putin argumentou que não estava conseguindo levar suprimentos para os países com necessidades mais urgentes.

"Após a cúpula Rússia-África, mantivemos relações (com os países africanos e desenvolvemos a cooperação", disse Patrushev a Putin. "Como resultado, conseguimos entregar esse volume de trigo a esses países com bastante rapidez."

Ele também disse a Putin que a Rússia espera exportar até 70 milhões de toneladas de grãos no ano agrícola de 2023-2024. Na temporada anterior, a Rússia embarcou 66 milhões de toneladas no valor de quase 16,5 bilhões de dólares, acrescentou.

O ano agrícola de 2023-2024 começou em 1º de julho de 2023 e vai até 30 de junho de 2024.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade