PUBLICIDADE

Mundo

Reino Unido impõe novas sanções à Rússia para marcar aniversário da invasão da Ucrânia

22 fev 2024 - 10h37
Compartilhar
Exibir comentários

O Reino Unido anunciou um novo pacote de sanções contra a Rússia na quinta-feira, dizendo que estava tentando diminuir o arsenal de armas do presidente Vladimir Putin dois anos após a invasão da Ucrânia.

O pacote de medidas, que abrange mais de 50 indivíduos e entidades, foi anunciado dias antes do aniversário e é a parte mais recente de um esforço ocidental coordenado para restringir a economia russa.

"Nossa pressão econômica internacional significa que a Rússia não pode arcar com essa invasão ilegal. Nossas sanções estão privando Putin dos recursos de que ele precisa desesperadamente para financiar sua guerra em dificuldades", disse o ministro das Relações Exteriores, David Cameron, em um comunicado.

O Reino Unido sancionou empresas ligadas ao setor de munição da Rússia, incluindo a maior empresa, a Sverdlov State Owned Enterprise, e visou fontes de receita nos setores de metais, diamantes e energia.

O Ministério das Relações Exteriores também disse que os incluídos nas sanções são importantes importadores e fabricantes russos de ferramentas usadas na fabricação de sistemas e componentes de defesa, desde mísseis e motores até tanques e jatos de combate.

A União Europeia aprovou na quarta-feira um pacote de sanções abrangentes, banindo cerca de 200 entidades e indivíduos acusados de ajudar Moscou a adquirir armas ou de envolvimento no sequestro de crianças ucranianas.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade