0

Reino Unido ampliará restrições em caso de desrespeito

5 abr 2020
13h02
atualizado às 13h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Reino Unido terá que impor mais restrições ao exercício ao ar livre se as pessoas desrespeitarem as regras de isolamento destinadas a coibir a transmissão do coronavírus, disse o secretário de Saúde, Matt Hancock, neste domingo.

Foto: Stefan Jeremiah / Reuters

"No momento, a grande maioria das pessoas está (seguindo as regras). Mas as pessoas não devem violar as regras, porque isso significaria que o vírus se espalharia mais e, então, talvez precisássemos tomar outras medidas", afirmou ele ao programa Andrew Marr, da BBC.

Outros países europeus, como Itália e França, impuseram restrições mais severas às pessoas que deixam suas casas.

Temia-se que o clima mais quente da primavera deste domingo pudesse incentivar os britânicos a irem aos parques. O Conselho Lambeth, em Londres, fechou o Brockwell Park neste domingo depois de dizer que muitas pessoas foram se bronzear ou se reuniram em grandes grupos no sábado.

Hancock disse que era "inacreditável" ver uma pequena minoria desprezando os orientações do governo para manter o distanciamento social.

Se houver desrespeito às regras, que permitem que as pessoas andem, corram ou andem de bicicleta ao ar livre uma vez por dia mas não tomem sol, o secretário da Saúde disse que teria que proibir o exercício de todas as formas fora de casa.

Veja também:

"Ele poderia ter sido George Floyd", diz mãe ao lado de filho em protesto
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade