PUBLICIDADE

Mundo

Itália defende criação de exército comum na UE

'Não podemos ser tímidos', afirmou o ministro Antonio Tajani

26 fev 2024 - 12h42
(atualizado às 13h25)
Compartilhar
Exibir comentários

O vice-premiê e ministro das Relações Exteriores da Itália, Antonio Tajani, defendeu nesta segunda-feira (26) a criação de um exército europeu.

A ideia de instituir um sistema de defesa comum na União Europeia voltou à baila na esteira da invasão russa à Ucrânia, mas ainda é motivo de controvérsia dentro do bloco.

"A Europa deve começar a trabalhar seriamente para dar vida a um sistema de defesa europeu, a um verdadeiro exército europeu, e também a uma indústria de defesa europeia", disse Tajani a uma rádio italiana.

Segundo o ministro, essa seria uma maneira de aumentar a influência da UE dentro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). "Somos muitos países e muitos exércitos, a coordenação não é fácil. Não podemos ser tímidos, é preciso ter uma estratégia, uma visão", acrescentou.

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade