PUBLICIDADE

Mundo

Grécia fecha escolas e Acrópole devido à onda de calor

12 jun 2024 - 14h21
Compartilhar
Exibir comentários

A Grécia fechou o local turístico Acrópole, suspendeu aulas nas escolas e enviou médicos para Atenas, nesta quarta-feira, enquanto enfrenta a primeira onda de calor do verão.

As temperaturas devem atingir 43 graus Celsius na quarta e quinta-feira em partes do país mediterrâneo, impulsionadas pelos ventos do sul que trazem ar quente do norte da África.

A Acrópole, que abriga um dos sítios arqueológicos mais famosos do mundo, que inclui o templo do Partenon, foi fechada do meio-dia às 17h a equipe da Cruz Vermelha distribuiu garrafas de água aos turistas.

Muitas escolas primárias e creches do país ficarão fechadas por dois dias.

A Grécia é um dos países mais afetados pelo clima na Europa. No ano passado, o aumento das temperaturas alimentou incêndios florestais mortais e as chuvas irregulares causaram algumas das piores enchentes já registradas, ambas prejudicando as colheitas e os meios de subsistência.

O inverno passado foi o mais quente já registrado e as chuvas foram escassas, criando as condições para mais incêndios, segundo os cientistas.

Condições semelhantes foram observadas no ano passado em grande parte do sul da Europa, incluindo Portugal, França, Espanha e Itália, onde os incêndios causaram dezenas de mortes.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade