4 eventos ao vivo

França apura se incêndio em Notre-Dame contaminou crianças

Traços de chumbo foram encontrados no organismo de um menino

4 jun 2019
18h46
atualizado às 20h16
  • separator
  • 0
  • comentários

As autoridades sanitárias da França encontraram traços de chumbo no sangue de um menino residente nos arredores da Catedral de Notre-Dame, em Paris, parcialmente destruída por um incêndio em 15 de abril.

Incêndio destruiu o teto e a torre central da Catedral de Notre-Dame
Incêndio destruiu o teto e a torre central da Catedral de Notre-Dame
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Em função disso, a Agência Regional de Saúde da Île-de-France solicitou que crianças com idade inferior a sete anos e mulheres grávidas residentes na Île de la Cité, onde fica Notre-Dame, sejam submetidas a exames para analisar a presença do metal em seu organismo.

As autoridades sanitárias abriram um inquérito ambiental para determinar possíveis causas da contaminação que não sejam o incêndio. O objetivo é verificar se ainda há risco de exposição ao metal na região da catedral.

Uma das suspeitas é que a criança tenha inalado chumbo por meio da fumaça da tragédia de 15 de abril, que, como já ficou provado, causou contaminação na Île de la Cité. Embora análises não tenham constatado riscos para a qualidade do ar, especialistas detectaram valores anômalos do metal no solo e em escritórios.

Essas zonas foram interditadas e passarão por um processo de descontaminação nos próximos dias.

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade