Assessora de Trump sugere que Hillary não será investigada

Uma assessora do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, sugeriu nesta terça-feira que a democrata Hillary Clinton não será investigada pelo uso de um servidor privado de e-mails enquanto ocupou a função de secretária de Estado e pelas polêmicas doações à Fundação Clinton.

EFE EFE
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade