PUBLICIDADE

Biden leva Michigan e Wisconsin e se aproxima da presidência

Democrata está na frente no Arizona e em Nevada e vem reduzindo a vantagem do republicano em Geórgia e Pensilvânia

4 nov 2020 18h47
| atualizado às 19h02
ver comentários
Publicidade

O candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, fez um breve discurso na tarde desta quarta-feira (4) e, já falando como vitorioso, disse que está ganhando em estados suficientes para garantir o mínimo de 270 votos no colégio eleitoral Biden se pronunciou após conquistar os estados-chave de Wisconsin e Michigan, onde Donald Trump havia vencido em 2016.

Biden faz discurso otimista após vitórias importantes nas urnas
Biden faz discurso otimista após vitórias importantes nas urnas
Foto: Kevin Lamarque / Reuters

Além disso, o democrata está na frente no Arizona e em Nevada e vem reduzindo a vantagem do republicano em Geórgia e Pensilvânia.

"Agora, após uma longa noite de apuração, está claro que estamos vencendo em estados suficientes para alcançar os 270 votos eleitorais necessários para conquistar a Presidência. Não estou aqui para declarar que vencemos, mas estou aqui para reportar que, quando a apuração terminar, acreditamos que seremos os vencedores", disse Biden em Wilmington, Delaware.

O candidato também mostrou confiança em uma possível vitória na Pensilvânia, o que sepultaria de vez qualquer chance de Trump.

"Todos os votos que faltam foram enviados pelo correio, e estamos vencendo com 68% nos votos pelo correio na Pensilvânia", acrescentou.

O democrata ainda lembrou que apenas três campanhas conseguiram derrotar um presidente que buscava a reeleição. "E quando terminar, Deus permitindo, seremos a quarta. Isso é uma conquista incrível", ressaltou Biden.

A campanha de Trump, por sua vez, anunciou ações para recontar os votos no Wisconsin e interromper a apuração no Michigan e na Pensilvânia, recorrendo inclusive à Suprema Corte, agora de maioria conservadora. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade