PUBLICIDADE

Mundo

Em SP, comissário da UE reitera apoio à Ucrânia e critica Lavrov

Gentiloni acusou ministro russo de difundir mentiras no Brasil

28 fev 2024 - 09h12
(atualizado às 09h36)
Compartilhar
Exibir comentários

O comissário de Economia da União Europeia, Paolo Gentiloni, reiterou nesta quarta-feira (28) o apoio do bloco à Ucrânia, à margem da reunião dos ministros das Finanças e presidentes dos bancos centrais do G20 em São Paulo.

"Minha primeira mensagem aqui em São Paulo será reiterar a condenação inequívoca da UE à agressão da Rússia contra a Ucrânia. E não deixarei dúvidas de que continuaremos ao lado da Ucrânia por todo o tempo que for necessário", disse Gentiloni à ANSA, ao chegar para uma reunião do G7 no âmbito do G20.

"Na semana passada, dois anos após o início da guerra brutal e ilegal de Putin, seu ministro das Relações Exteriores [Sergei Lavrov] estava no Brasil para fazer aquilo que sabe fazer melhor: disseminar mentiras e propagandas", acrescentou o comissário europeu.

"Então hoje e amanhã, sublinharei que é a agressão da Rússia que, além de causar sofrimentos horríveis na Ucrânia, está prejudicando a economia global e ferindo as populações mais vulneráveis do mundo", afirmou o italiano.

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade