PUBLICIDADE

Mundo

Dezenas de países estão se inscrevendo para cúpula da paz sobre a Ucrânia, diz Suíça

15 mai 2024 - 16h24
Compartilhar
Exibir comentários

A Suíça recebeu mais de 50 inscrições das mais de 160 delegações que o país neutro convidou para uma cúpula no próximo mês com a intenção de abrir caminho para um processo de paz na Ucrânia, disse a presidente Viola Amherd nesta quarta-feira. 

Amherd, em uma entrevista coletiva com o chanceler alemão, Olaf Scholz, após uma reunião entre os dois em Berlim, disse que seu governo quer que a cúpula tenha uma participação ampla, mas que a China ainda não disse se comparecerá. 

Países de América do Sul, África e Oriente Médio estão entre os confirmados, segundo Amherd, que em janeiro concordou em realizar uma cúpula da paz a pedido do presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy. 

A Rússia não foi convidada. Diplomatas e especialistas em política externa dizem que as conversas que devem ser realizadas perto da cidade suíça de Lucerna provavelmente focarão em forjar um consenso sobre como mitigar os riscos da invasão de Moscou à Ucrânia. 

Quase metade dos países que disseram que participarão não são europeus, e a lista provavelmente continuará mudando até o último minuto, de acordo com Amhred. 

A Suíça está tentando persuadir mais países do chamado Sul Global e a China a participarem, acrescentou. 

"O trabalho continua em velocidade máxima", disse Amherd. 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade