PUBLICIDADE

Coreia do Norte dispara mísseis balísticos no Mar do Japão

Tóquio chamou a ação de "ameaça para a paz e a segurança"

25 mar 2021
07h59 atualizado às 08h32
0comentários
07h59 atualizado às 08h32
Publicidade

A Coreia do Norte disparou dois mísseis balísticos de curto alcance no Mar do Japão na manhã desta quinta-feira (25), em mais um desafio ao novo governo de Joe Biden nos EUA.

Coreia do Norte fez dois testes de mísseis em menos de uma semana
Coreia do Norte fez dois testes de mísseis em menos de uma semana
Foto: EPA / Ansa - Brasil

O lançamento ocorreu pouco depois das 7h (horário local), e os projéteis caíram perto do início da zona econômica exclusiva do Japão. Os mísseis foram disparados de uma base em Wonsan, na costa oriental da Coreia do Norte, e percorreram 420 e 430 quilômetros.

Em uma coletiva de imprensa, o premiê japonês, Yoshihide Suga, definiu o exercício militar como "uma manifesta ameaça para a paz e a segurança da região" e disse que a embaixada do país em Pequim, na China, apresentou um protesto formal contra Pyongyang.

No último fim de semana, o regime de Kim Jong-un já havia disparado dois mísseis de cruzeiro de curto alcance. No entanto, diferentemente dos mísseis balísticos, esses projéteis não percorrem trajetórias pré-definidas, e seus testes não violam as resoluções da ONU.

Os dois exercícios militares aconteceram poucos dias depois de uma visita dos secretários americanos de Estado, Antony Blinken, e da Defesa, Lloyd Austin, a Tóquio e Seul.

As negociações entre EUA e Coreia do Norte estão paralisadas desde o início de 2019, quando o então presidente Donald Trump abandonou abruptamente uma reunião com Kim Jong-un no Vietnã. Recentemente, a irmã do líder norte-coreano, Kim Yo-jong, disse que a Casa Branca deveria evitar ações que a façam "perder o sono". .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade