3 eventos ao vivo

Bolonha e Florença fazem protestos contra medidas anti-Covid

Grupos são contras restrições impostas pelo governo italiano

30 out 2020
19h05
atualizado às 19h11
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Centenas de manifestantes se reuniram em Bolonha e em Florença, na Itália, para protestar contra o decreto anunciado pelo primeiro-ministro Giuseppe Conte para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus Sars-CoV-2.

Grupos são contras restrições impostas pelo governo italiano
Grupos são contras restrições impostas pelo governo italiano
Foto: Ansa / Ansa - Brasil

Em Bolonha, pelo menos 500 pessoas, incluindo ultras [ como são conhecidos os torcedores organizados na Itália], se aglomeraram na praça em frente à Estação Central e seguiram pelas ruas da cidade.

O grupo, que acendeu diversas bombas de fumaça, entoou insultos contra Conte, os jornalistas e, sobretudo, contra as medidas restritivas que limitam a "liberdade e a dignidade". O protesto terminou pacificamente e sem registros de danos ou tumultos.

Em Florença, no entanto, uma manifestação não autorizada provocou caos na cidade. Vários objetos, incluindo garrafas de vidro, foram lançados contra a polícia. Numerosas lixeiras foram arremessadas e bombas de fumaça foram acendidas. Até o momento, não há informações sobre pessoas feridas.

Veja também:

Trabalhadoras de fábricas indianas que produzem para grandes marcas alegam exploração e abusos
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade