PUBLICIDADE

Mundo

Biden xinga Putin em ato de campanha nos EUA

Kremlin disse que democrata tentou ser um 'cowboy de Hollywood'

22 fev 2024 - 09h09
(atualizado às 09h18)
Compartilhar
Exibir comentários

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, xingou seu homólogo russo, Vladimir Putin, durante um evento de arrecadação de fundos do Partido Democrata na Califórnia.

Em um breve discurso, o mandatário norte-americano usou as letras "SOB", abreviatura de "son of a bitch", que pode ser traduzido para o português como "filha da puta".

"Temos que lidar com um filho da puta maluco como aquele Putin e nos preocupar com a guerra nuclear, mas a verdadeira ameaça existencial à humanidade são as alterações climáticas", disse Biden.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou que a ofensa do democrata não afetará Putin e definiu a atitude de Biden como uma tentativa fraca de parecer um "cowboy de Hollywood".

"As declarações grosseiras vindas da boca do líder norte-americano dificilmente podem ser prejudiciais a Putin. Isso rebaixa aqueles que usam esse vocabulário. Acredito que provavelmente foi algum tipo de tentativa de parecer um cowboy de Hollywood, mas não acho que seja possível", afirmou o russo.

Peskov recordou que Putin nunca dirigiu "palavras grosseiras" ao presidente dos EUA, além de afirmar que o xingamento "rebaixou" seu próprio país.

Biden já havia definido o chefe de Estado russo com outros adjetivos, como "açougueiro" e "criminoso de guerra", mas essa foi a primeira vez que xingou publicamente seu homólogo com palavras de baixo calão.

As relações entre norte-americanos e russos estão cada vez mais tensas, já que a guerra na Ucrânia e a morte do ativista Alexei Navalny colocaram mais lenha na fogueira.

Na próxima sexta-feira (23), Washington deverá anunciar uma série de novas sanções contra Moscou em virtude do falecimento do opositor russo. .

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade