PUBLICIDADE

Mundo

Biden recebe Meloni para reunião bilateral na Casa Branca

Premiê italiana propôs aliança global contra tráfico de pessoas

1 mar 2024 - 17h45
(atualizado às 18h03)
Compartilhar
Exibir comentários

- A primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, foi recebida nesta sexta-feira (1º) pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, na Casa Branca, em Washington.

Um dos principais temas tratados foi o conflito no Oriente Médio.

"Precisamos coordenar ações para evitar uma escalada, e apoiamos plenamente os esforços de mediação dos Estados Unidos. A crise humanitária é nossa prioridade número um, a Itália concentrou sua contribuição nisso?, disse Meloni.

"Enquanto cooperamos com todos os atores da região, precisamos trabalhar juntos para garantir passos concretos em direção à perspectiva de dois povos e dois Estados, que é a única solução de longo prazo sustentável", disse ainda.

A premiê italiana também citou a expectativa para a presidência italiana do G7: ?Estamos trabalhando por um G7 concreto e substancial. Pretendemos reafirmar uma ordem internacional baseada em regras, defendendo a liberdade".

"É necessária uma aliança global contra traficantes de seres humanos. O G7 também dará atenção especial ao continente africano, a África não é um continente pobre, possui recursos humanos e naturais importantes, mas tem sido explorada com uma abordagem predatória?, propôs.

?Quero mudar essa abordagem junto com vocês, e é também uma resposta à crise migratória. Devemos apoiar o desenvolvimento da África e acabar com a migração ilegal e o tráfico de seres humanos, que se tornou a atividade financeira criminosa mais lucrativa globalmente e não podemos aceitar isso", complementou.

Ela ainda destacou a importância do tema da inteligência artificial no G7: ?É um instrumento; bom ou ruim dependerá da nossa capacidade de governá-lo e combater seus riscos e o impacto que pode ter no mercado de trabalho. Queremos desenvolvê-la, mas também garantir que mantenha o homem no centro?.

A reunião bilateral ocorreu em clima amistoso: antes do encontro, Biden disse estar ?feliz? pelo retorno de Meloni ao país. Ela retribuiu: ?Não vejo a hora de te receber na Puglia, em junho, para a cúpula de líderes do G7?.

Ao fim da reunião, Biden ainda brincou: "Contribuí para o fortalecimento das relações entre a Itália e os EUA ao me casar com uma ítalo-americana". Sua mulher, Jill Jacobs Biden, nascida Jill Giacoppo, é filha de um imigrante siciliano que chegou aos Estados Unidos no início do século 20.

O presidente americano ainda relatou outro momento descontraído: ?Quando ela entrou, cantei a música de Ray Charles ?Georgia on my mind?. Giorgia e eu somos grandes amigos. A premiê apoiou os Estados Unidos desde o primeiro dia em que assumiu o cargo?, disse, agradecendo também o ?apoio inabalável? da Itália à Ucrânia.

.

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade