PUBLICIDADE

Mundo

Biden comemora queda de taxas de criminalidade durante encontro com chefes de polícia

28 fev 2024 - 18h13
Compartilhar
Exibir comentários

O presidente Joe Biden comemorou nesta quarta-feira a expressiva queda nas taxas de criminalidade dos Estados Unidos no último ano durante uma reunião na Casa Branca com chefes de polícia de grandes cidades que sofreram aumentos acentuados de homicídios e crimes violentos durante a pandemia de Covid-19. 

O evento ofereceu a Biden a oportunidade de rebater críticas dos republicanos, que usaram os picos da época da Covid para dizer que os democratas são fracos no combate ao crime. 

"No ano passado, os Estados Unidos tiveram uma das taxas mais baixas em todos os crimes violentos em mais de 50 anos", disse Biden a autoridades policiais de primeiro escalão de cidades como Chicago, Filadélfia, Miami, Detroit, Buffalo, em Nova York, Milwaukee, Charlotte, na Carolina do Norte, e do Condado de DeKalb, na Georgia. 

Em uma tentativa de atingir o antecessor republicano de Biden e provável rival em 2024, Donald Trump, a Casa Branca chamou a atenção para o fato de que em 2020, no começo da pandemia, os EUA passaram pelo maior salto de sua história em números de assassinatos.

As taxas de crimes violentos caíram consideravelmente no ano passado, incluindo um recuo nacional de 12% em homicídios de 2022 para 2023, apontou análise criminal da AH Datalytics, após picos durante os dois primeiros anos da pandemia. 

Biden creditou a melhora ao Plano de Resgate Americano, uma medida de alívio da Covid endossada apenas por democratas, por ajudar a reforçar o investimento no policiamento urbano num momento em que os orçamentos estavam apertados.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade