PUBLICIDADE

Mundo

Banco Central Europeu registra 1º prejuízo desde 2004

Balanço aponta perda de 1,3 bilhão de euros em 2023

22 fev 2024 - 10h57
(atualizado às 12h42)
Compartilhar
Exibir comentários

O Banco Central Europeu (BCE) registrou prejuízo em seu balanço anual pela primeira vez desde 2004, resultado devido ao aperto monetário promovido pela instituição em 2023 para conter a inflação na zona do euro.

De acordo com comunicado do BCE, o ano passado encerrou com perda de 1,3 bilhão de euros (R$ 7 bilhões), após a entidade ter utilizado 6,6 bilhões de euros (R$ 35,3 bilhões) de seu fundo para riscos financeiros.

Segundo a nota, a trajetória de alta nas taxas básicas de juros, interrompida apenas em outubro, após 10 aumentos consecutivos, provocou um incremento das despesas com a remuneração de passivos do BCE com taxas variáveis.

Enquanto isso, os ativos recebidos pelo banco não aumentaram no mesmo ritmo, uma vez que são papéis sobretudo de longo prazo e com taxas fixas.

Ainda de acordo com o comunicado, o BCE deve continuar registrando prejuízos "nos próximos anos, para depois voltar a alcançar lucros de modo duradouro".

"De qualquer maneira, o BCE pode operar de maneira eficaz em seu mandato para preservar a estabilidade dos preços, independentemente de eventuais perdas", diz a instituição.    

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade