Malaysia Airlines: familiares pedem mais investigação

Parentes das vítimas não acreditam que destroço encontrado na ilha de Reunión, na Polinésia Francesa, seja do avião que fazia o voo MH370. Eles pedem mais atenção ao caso, principalmente às autoridades chinesas, que segundo eles, não estariam repassando novas informações

EFE EFE
Publicidade

Vídeos relacionados

Recomendado para você

Publicidade