PUBLICIDADE

Mundo

Após resfriado, papa Francisco apresenta melhora

Tomografia computadorizada descartou pneumonia no pontífice

27 nov 2023 - 07h25
(atualizado às 07h37)
Compartilhar
Exibir comentários

O Vaticano informou nesta segunda-feira (27) que o papa Francisco, 86 anos, já se sente melhor, mas ainda assim decidiu adiar alguns compromissos previstos para este início de semana.

No último sábado (25), o líder da Igreja Católica teve de cancelar audiências devido a um "leve resfriado" e, segundo o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni, uma tomografia computadorizada confirmou a existência de uma "inflamação pulmonar que causava dificuldades respiratórias", embora tenha descartado uma possível pneumonia.

"Para uma maior eficácia do tratamento, procedeu-se a posicionar um cateter venoso para terapia antibiótica intravenosa", explicou o porta-voz.

Ainda de acordo com o Vaticano, "as condições do Papa são boas e estacionárias". "Ele não apresenta febre, e a situação respiratória está em clara melhora. Para facilitar a recuperação, alguns importantes compromissos previstos para esses dias foram adiados. Outros, de caráter institucional ou mais fáceis de cumprir dadas as atuais condições de saúde, foram mantidos", afirmou Bruni.

A viagem de Francisco para a cúpula climática COP28, em Dubai, também está confirmada.

Em junho passado, Jorge Bergoglio ficou nove dias internado devido a uma cirurgia para tratar uma hérnia em uma cicatriz abdominal. Antes disso, em março, o Papa havia sido hospitalizado devido a uma bronquite.

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade