PUBLICIDADE

Jovem bailarina carioca completa um ano na Escola Bolshoi

Elisa Neves deixou para trás a família, os amigos e se afastou até do convívio diário com o pai para viver um sonho

13 dez 2023 - 10h18
(atualizado em 2/1/2024 às 09h56)
Compartilhar
Exibir comentários

Há um ano, a jovem bailarina carioca, com apenas 10 anos na época, se viu diante do primeiro grande desafio da sua vida. A menina foi aprovada nos rigorosos testes para admissão na Escola do Teatro Bolshoi e teve que fazer uma grande mudança. Ela deixou a vida no Rio de Janeiro para trás e, junto com sua mãe, embarcou em uma jornada de mudanças e descobertas para Joinville, onde a escola está sediada.   

Foto: Acervo pessoal / Elisa Neves / DINO

A nova rotina começou cedo. Em janeiro, Elisa e sua mãe se mudaram para a cidade catarinense. Em fevereiro, a jovem bailarina já estava se aclimatando à exigente agenda da escola, equilibrando o estudo regular com intensivas aulas de balé. Em março, Elisa participou de sua primeira solenidade oficial - o "batismo de palco" - uma cerimônia que marcou o início da jornada dos novos alunos e celebrou os 23 anos da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil.   

Em 16 de junho fez a primeira apresentação no palco Agripina Vaganova, dentro da programação cultural da "sexta com arte musical", e em 1 de setembro aconteceu a programação cultural da "sexta com arte artística." 

Antes disso, nas férias de meio do ano, Elisa optou por permanecer em Joinville para assistir ao Festival de Dança da cidade. Nessa ocasião, ela teve a oportunidade de ver de perto as performances do Bolshoi nos espetáculos de "Lee-la" e "Cinderela".   

No segundo semestre, Elisa intensificou seus estudos e a rotina de preparação para as avaliações de fim de ano da Escola Bolshoi, em novembro e dezembro, que terminou com a avaliação de dança clássica."Esse era o momento mais esperado do ano por todas nós bailarinas aqui da escola Bolshoi Brasil. Para mim, representou a coroação de um ano muito especial. Nunca vou esquecer de 2023, o ano que mudou minha vida ", destaca Elisa Neves. 

Para a jovem bailarina o ano também foi de aprendizado e crescimento artístico, acompanhado em cada passo pela mãe. "Foi um período de sacrifícios e renúncias. Elisa abriu mão do contato diário com a família e os amigos do Rio, mas eu fiquei ainda mais perto dela acompanhando cada etapa dessa jornada", atesta Elaine Neves. 

O amor e a dedicação do pai de Elisa também foram fundamentais. Ele percorreu várias vezes a longa distância entre o Rio de Janeiro e Joinville para estar com a filha e apoiá-la em seus sonhos. "Em retrospectiva, o primeiro ano da Elisa na Escola do Teatro Bolshoi foi de desafios, crescimento e, acima de tudo, de muito aprendizado", destaca Elder Neves. 

Os pais sabem das exigências e sacrifícios que a filha ainda terá pela frente, mas sabem também que a filha está feliz com essa oportunidade. "Eu sei que com minha dedicação e o apoio dos meus pais, vou conseguir superar obstáculos e alcançar sonhos. Dei apenas o primeiro passo, que venham outros", finaliza Elisa Neves. 

Redes sociais: 

Instagram: https://www.instagram.com/euelisaneves/ 

Website: http://www.ageimagem.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade