PUBLICIDADE

Comida naturalmente azul! Sabia que não existe? Mas por quê?

4 ago 2015 08h50
| atualizado às 10h24
ver comentários
Publicidade

Tudo bem, tudo bem, você já deve ter visto um pirulito, um cupcake ou algum outro doce azul, certo? Mas claro que sabe que a tonalidade é artificial, para chamar atenção das crianças, por exemplo. Agora... e comida naturalmente azul? Você se lembra de ter visto?

Siga Terra Educação no Twitter

 

Você já percebeu que não existe comida naturalmente azul? Sabe o porquê?
 
De acordo com a nutricionista Tereza Cibella, existe uma explicação bioquímica para este fato. “Os pigmentos que conferem cor azul são mais sensíveis à luz solar e se degradam mais facilmente do que outros pigmentos. Essa sensibilidade fez com que outros alimentos evoluíssem e originassem novas espécies, enquanto os azuis iam ficando cada vez mais raros”.
Vale lembrar que um cupcake com cobertura azul ou um pirulito da mesma cor podem ser comidos por aí, mas são dessa coloração por conta de corantes. Um dos alimentos naturais que chega próximo do azul é o mirtilo, fruta que possui antocianina, uma substância antioxidante.
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade