0

Mercado de vídeos online registra crescimento e a tendência é faturar alto nos próximos anos

O mercado de videos online segue aquecido superando o interesse pela TV aberta e os segmentos são os mais variados possíveis

25 out 2018
12h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

De acordo com o relatório da Orbis Research, empresa especializada em Pesquisa de Mercado mundial, o mercado global de cursos online foi responsável por US$ 165,21 bilhões em 2015 e deve atingir US$ 275,10 bilhões até 2022, com um crescimento anual de 7,5% durante o período de previsão. 

Foto: DINO / DINO

Os principais fatores que estão favorecendo o crescimento do mercado são a flexibilidade na aprendizagem, o baixo custo, a fácil acessibilidade, o aumento da eficácia pela dinâmica dos vídeos. Além disso, a escalada no número de usuários da internet e o crescente acesso à banda larga combinada com telefones celulares com recursos online também estão alimentando este crescimento. 

No último ano, o consumo de vídeo digital cresceu em todo o mundo, inclusive no Brasil. A versão mais recente da TIC Domicílios, pesquisa do Cetic.br, mostra que 71% dos consumidores de internet assistem a vídeos online. Em 2012 eram 49%.

Por esta razão, o consumo de vídeos online é a atividade multimídia mais efetuada por internautas Assim, plataformas como YouTube, Facebook, Snapchat, Musical.ly, Twitter, Instagram e LinkedIn disputam a atenção do público consumidor de vídeos.

De olho neste crescimento, a Metaflix, plataforma focada no desenvolvimento pessoal por meio da física quântica, neurociência e espiritualidade, registrou um aumento de mais de 100% ao mês em seu faturamento. O crescimento é resultado da aposta na venda de conteúdo por meio do Samba Play, plataforma da Samba Tech, empresa pioneira na distribuição de vídeos online na América Latina. 

Neste cenário, mercados de nicho ganham destaque 

Com a produção de vídeos 60% mais barata que uma década atrás, pequenos produtores têm encontrado cada vez alternativas para investir neste segmento sem precisar de um grande investimento. Esse é um dos fatores que têm contribuído para que especialistas em diversos assuntos se tornem, também, produtores de conteúdo online. Outro fator é a busca por personalização. 

As pessoas estão cada vez mais dispostas a pagarem para consumir um conteúdo que seja escasso, de qualidade e relevante e isso tem refletido na busca por conteúdos de nicho. Exemplos disso são os canais na internet especializados em aves, peixes ou cachorros que têm conquistado um número enorme de fãs a cada dia.



Website: https://horaciofrazao.metaflix.com.br/

Veja também:

Flagrado com dinheiro na cueca, Chico Rodrigues pede afastamento do Senado por 90 dias
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade