4 eventos ao vivo

Joias​​ e ​​tecnologia:​​ marca ​​de ​​acessórios ​​de ​​luxo​​ capacita​​ seu time ​​ao ​​redor​​ do ​​mundo ​​com ​​uso de inteligência artificial

A marca Maria Dolores alia-se à startup brasileira Hondana para entregar treinamento da nova coleção inspirada em Miró

21 ago 2017
17h47
  • separator
  • comentários

A Maria Dolores lançou em 15 de agosto sua nova coleção de acessórios e joias inspirada no artista espanhol Joan Miró. Com a proximidade do lançamento a empresa se deparou com o desafio de engajar sua rede de colaboradores de forma individual e aprimorar o desempenho da equipe de vendas. A Hondana, startup brasileira de inteligência artificial, trouxe a solução para esse desafio por meio da sua plataforma de treinamento via chatbot.

Foto: DINO

Com uma equipe distribuída entre 53 cidades de 3 países, a marca de acessórios precisava de uma solução rápida e eficiente para o seu negócio. Em um período de 15 dias, a plataforma da Hondana já promoveu mais de 10.000 interações pelo smartphone dos colaboradores e se mostrou efetiva em cumprir o desafio proposto, como explica o sócio e administrador da marca, Antonio Neto: "com a chegada da Hondana, que conhecemos graças à nossos parceiros na Endeavor, nosso time tem interagido não só com pílulas de conteúdo sobre a nova coleção, mas também com técnicas de venda e boas-práticas da marca. O resultado é um sucesso."

Residente do Google Campus São Paulo, a startup de tecnologia entende o grande potencial do projeto com a Maria Dolores. "A Hondana usa o chatbot inteligente para passar a informação certa no momento certo para os revendedores, não importando onde eles estejam", comenta Greg Bateman, diretor-executivo da Hondana. "Nossa plataforma oferece maior visibilidade do desempenho dos revendedores e formas de melhorá-lo, através da leitura de uma série de dados analíticos com big data. Com isso, cortamos custos de treinamento e melhoramos a performance da equipe. "

Quatro de cada cinco revendedores da marca estão treinando diariamente para vender melhor os produtos: "a nova coleção está sendo muito esperada por nossas consumidoras e temos certeza que agora o time tem em mãos tudo o que precisa para melhor atendê-las", finaliza Neto.

Sobre a Hondana
Fundada pelo empreendedor e expert americano em conteúdo digital, Greg Bateman, e apoiado por Google, Endeavor e JP Morgan, a startup brasileira Hondana transforma informação em rendimento através de inteligência artificial. Em 2016 lançou Indica, a única plataforma de comunicação e capacitação para equipes corporativas baseada em chatbot, que já provou ser capaz de aumentar performances de venda em mais de 25%. Com um diferencial latente, a plataforma se utiliza de técnicas já conhecidas em ferramentas conversacionais para engajar os colaboradores até 15 vezes mais do que plataformas de educação corporativa, além de maximizar resultados e medir o sucesso das equipes com o uso de big data. No início de 2017, a Hondana foi selecionada entre 575 startups para ser uma das 7 empresas a integrarem a segunda turma de residentes do Campus São Paulo, do Google. Em seu portfólio de clientes constam nomes como Leroy Merlin, SKY e LATAM. Site: hondana.com.br.

Sobre a Maria Dolores
Maria Dolores é uma marca brasileira de joias com DNA requintado, reconhecida pela criatividade e inovação. A empresa leva o nome da designer curitibana que comanda a grife e suas criações sempre muito contemporâneas, lançando diversas coleções ao ano. Peças que agradam mulheres de atitude e personalidade marcante. Elas se identificam com os materiais nobres, pedras brasileiras e o design exclusivo presente em cada coleção. O apelo fashion é outro diferencial da Maria Dolores, que acaba despertando o interesse de diversas celebridades e personalidades do mundo da moda. Hoje são 11 lojas exclusivas da marca, 2 showrooms, 1 e-commerce, revendas em quase todos os estados do Brasil e presença em mais de 8 países. Site: designmariadolores.com.br.



Website: http://www.hondana.com.br
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade