0

Empresa brasileira desenvolve software com inteligência artificial capaz de prever vendas e reduzir perdas

29 jan 2020
14h55
atualizado às 16h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Muito se fala sobre tecnologia, algoritmos e inteligência artificial cada vez mais se tornando parte da realidade e dos planos futuros da rotina das pessoas. Carros autônomos, drones para entregas e até mesmo robôs. Para o varejo não é diferente. Soluções como a da empresa do interior paulista surgem para revolucionar e impulsionar o resultado. Mostrando que de fato, inteligência artificial e robôs participando de todo o processo de abastecimento já é algo factível dos dias atuais. 

Foto: DINO / DINO

Em conversa com Lucas Paschoa, Coordenador de Marketing da Kikker, foi explicado sobre a importância da utilização de tecnologia em todo o processo e da integração de novas ferramentas que se complementam umas as outras. Lucas ainda afirma que a partir do momento que se inicia a utilização da ferramenta e começa-se a enxergar os resultados e dados, que até pouco tempo atrás eram difíceis e custavam muito tempo para serem extraídos, de forma rápida, prática e intuitiva não se quer mais voltar. "A simplicidade que o software entrega para a gestão estratégica no negócio faz com que ninguém mais queira abrir mão do Kikker.", Complementou, Paschoa.

Com clientes hoje em todo o Brasil, o software vem conseguindo cada vez mais adeptos, parceiros e admiradores dentro do varejo, como sistemas de gestão, consultorias e influências da área. O Kikker trabalha todo o processo de abastecimento com variáveis dinâmicas capazes de prever a venda de cada produto a cada dia e, consequentemente, fazendo toda a sugestão de pedidos de compras que auxiliam no processo de tomada de decisão do comprador. Além disso, a solução conta com um dashboard responsivo, com drill downs e relatórios emitidos em poucos segundos capazes de demonstrar problemas e soluções possíveis para dores históricas do varejo como, por exemplo, rupturas tanto comercial quanto operacional, estoques virtuais e negativos, e excessos de estoques distribuídos incorretamente, prejudicando a saúde do mix e gerando quebras por não ter uma gestão específica.

Lucas Paschoa enfatizou, ainda, que os resultados financeiros e retornos sobre os investimentos feitos na ferramenta surgem de forma muito rápida, dependendo do engajamento e foco que é dado à ferramenta pelo usuário e, por isso, reforçou a importância de ter um departamento dentro da empresa focado apenas em garantir o Sucesso e Experiência única do usuário e cliente dentro da aplicação.



Website: https://kikker.com.br/

Veja também:

Como funcionam as eleições presidenciais nos EUA
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade