0

Sul ainda está em alerta para temporais

Veja quais áreas estão em risco para chuva forte e ventania

16 abr 2019
09h50
  • separator
  • comentários

Fortes áreas de instabilidade se espalhar sobre o Sul do Brasil nesta terça-feira e provocaram chuva forte e intensas com rajadas de vento sobre Santa Catarina e o Paraná. Por volta das 9h da manhã, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou rajada de vento de 80 km/h em Bom Jardim da Serra (SC), de 66 km/h em Cangaçu (RS) e de 59km/h em São José dos Ausentes (RS).  

A chuva mais forte de Porto Alegre já passou, mas em outras áreas gaúchas e também em Santa Catarina continua o alerta para temporais e a chuva poderá ser volumosa especialmente no litoral, na região serrana e em Florianópolis.

O oeste do Paraná, na região de Foz do Iguaçu, também fica mais instável, com aumento da chuva, que pode acontecer a qualquer momento do dia. Grande parte do Paraná ainda terá uma terça-feira de sol forte com pancadas de chuva e raios a partir da tarde. Todo o estado fica em alerta para temporais localizados. Na capital Curitiba, há risco de chuva moderada a forte a partir da tarde. 

O deslocamento de um cavado meteorológico em médios níveis da atmosfera e o desenvolvimento de um sistema de baixa pressão atmosférica no mar ao largo da Região,  ajudaram a formar os grandes núcleos de nuvens carregadas. Dados do Inmet - Instituto Nacional de Meteorologia, mostram que no período entre 9h da manhã de ontem (15) até 9h da manhã de hoje (16), já foram acumulados aproximadamente 100 milímetros em Tramandaí (RS), 53,4 mm em  Bento Gonçalves e 53,2 milímetros em Porto Alegre. 

O CEMADEN -Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, informa que nas últimas 12 horas, o acumulado de chuva na estação Parque Itacolomi em Gravataí é de 107,2 milímetros. A estação Americana, na cidade de Alvorada  acumulou 81 milímetros de chuva.

Foto: Climatempo
Foto: Alessandro Figueiredo - Penha - SC

Vale lembrar que durante à tarde e a noite desta terça-feira, as nuvens pesadas ainda devem provocar chuva forte e temporais na região serrana do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, no sul e no leste catarinense, incluindo a Grande Florianópolis. A chuva também será volumosa e as rajadas de vento podem chegar até 90 km/h em diversas localidades.

Quando a chuva vai parar?

Nesta quarta-feira, as áreas de instabilidade já enfraquecem sobre o Sul do Brasil e a chuva diminui sobre os estados. A tendência é que uma massa de ar seco ganhe força e o tempo fique mais firme. 

Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade