0

SP: ativistas retiram animais de instituto acusado de maus-tratos

18 out 2013
03h20
atualizado em 6/12/2013 às 17h36
  • separator
  • 0
  • comentários

Ativistas invadiram, por volta das 2h desta sexta-feira, a sede do Instituto Royal, em São Roque, no interior de São Paulo, para o resgate de cães da raça beagle que seriam usados em pesquisas científicas. Mais tarde, coelhos também foram retirados do local.

Grupos como Anonymous e Black Bloc, por meio de suas páginas nas redes sociais, apoiaram a iniciativa e disseram estar presentes na ação. Segundo a rádio CBN, cerca de 150 pessoas participaram da invasão.

De acordo com relatos de manifestantes, ao menos 200 cães foram retirados do instituto e páginas na internet foram criadas para adoção.

Ao longo do dia houve protestos na frente do portão do instituto, que utilizaria beagles em testes de produtos cosméticos e farmacêuticos por serem de médio porte, dóceis e considerados de raça pura, teoricamente com menos variações genéticas, o que torna os resultados dos testes mais exatos.

No local, foram vistos animais mutilados e cadáveres congelados. Não há confirmação oficial sobre prisão de ativistas.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/brasil/infograficos/maus-tratos-animais/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/brasil/infograficos/maus-tratos-animais/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Colaboraram com esta notícia os internautas Marcelo Roque, de São Roque (SP), e Cloves Ferreira, de Cotia (SP), que participaram do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade