PUBLICIDADE

Moro afirma que é mentira que corrupção acabou sob Bolsonaro

Ex-ministro relembrou sua passagem como ministro e teceu críticas ao atual governo; veja o vídeo

10 nov 2021 12h32
| atualizado às 14h29
ver comentários
Publicidade
O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro discursa ao oficializar sua filiação ao Podemos
O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro discursa ao oficializar sua filiação ao Podemos
Foto: Dida Sampaio / Estadão

Em seu discurso de filiação ao Podemos nesta quarta-feira, 10, o ex-ministro e ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro criticou o atual governo e afirmou que é mentira que a corrupção acabou no Brasil, como o presidente Jair Bolsonaro tem afirmado reiteradas vezes.

Moro afirmou que não teve apoio do governo para combater a corrupção enquanto era ministro da Justiça e Segurança Pública:

Moro diz que é mentira que corrupção acabou sob Bolsonaro:

No evento que aconteceu em Brasília, Moro fez um longo discurso com ataques também ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que, recentemente, teve os processos comandados pelo ex-juiz, anulados pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Durante o discurso, Moro disse que resolveu voltar ao País depois de um ano fora, para “ajudar ao Brasil”. Disse ainda que achava que a Lava Jato "iria corrigir a política" e acabar com a corrupção e que sua filiação ao Podemos é para ajudar a mudar o país.

"Eu não tenho uma carreira política e não sou treinado em discurso político. Alguns dizem que não sou eloquente. Mas, se eventualmente, eu não sou a melhor pessoa para discursar, posso assegurar que sou alguém em quem vocês podem confiar", afirmou ainda sob aplausos.

Sergio Moro, no entanto, não confirmou se irá sair candidato à presidência da República em 2022.

* Com informações de Ansa Brasil

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade