0

Governo exclui "Folha" de licitação para assinatura de jornais

Bolsonaro havia afirmado, em entrevista, que determinaria o cancelamento de assinaturas do jornal em órgãos do governo federal

28 nov 2019
21h32
atualizado às 22h30
  • separator
  • 0
  • comentários

A Presidência da República não incluiu a Folha de S.Paulo em um edital de licitação para a contratação de fornecimento de acesso a veículos de imprensa.

Jair Bolsonaro.
Jair Bolsonaro.
Foto: Marcos Corrêa / PR

O presidente Jair Bolsonaro havia afirmado há cerca de um mês que determinaria o cancelamento de assinaturas do jornal em órgãos do governo federal em Brasília.

"Nenhum órgão aqui do meu governo vai receber o jornal Folha de S.Paulo, aqui em Brasília. Está determinado", declarou Bolsonaro em uma entrevista à TV Bandeirantes.

Em nota, a Folha afirmou que "lamenta mais uma atitude abertamente discriminatória do presidente da República contra o jornal".

O edital de licitação prevê a contratação de exemplares de 24 jornais e de 10 revistas. Ao todo, são previstas 438 assinaturas de jornais e 198 assinaturas de revistas. A relação inclui 73 exemplares de O Estado de S.Paulo e 74 de O Globo. Entre os números para revistas, 44 acessos digitais à Veja, 44 à IstoÉ, além de 14 à Carta Capital. Le Monde (França), El País (Espanha), New York Times (Estados Unidos) também estão na lista. O valor global do edital é de R$ 194.393,64.

Veja também:

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade