PUBLICIDADE

Política

Durante evento do PL, Bolsonaro encontra prefeita que jogou livros no lixo

Ex-presidente tirou fotos com Juliana Maciel, gestora que descartou livros e os chamou de 'porcaria de Canoinhas', em Santa Catarina

23 abr 2024 - 23h31
Compartilhar
Exibir comentários

BRASÍLIA - O ex-presidente Jair Bolsonaro encontrou, nesta terça-feira, 23, a prefeita de Canoinhas, Juliana Maciel, durante encontro do Partido Liberal (PL) em Florianópolis, Santa Catarina. Na última quinta-feira, a gestora publicou um vídeo em sua rede social jogando diversos livros no lixo alegando que são "porcarias em Canoinhas".

Além de Bolsonaro, Juliana comemorou que estava com "seu time" em foto ao lado do governador do Estado, Jorginho Mello, e do deputado estadual Maurício José Eskudlark, além de ironizar o ocorrido. "Vocês imaginam qual era o assunto com o nosso eterno presidente Jair Bolsonaro? Hoje estive com o ex mais amado do Brasil", escreveu na legenda. A prefeita foi eleita em 2022 pelo PSDB e se filiou ao PL em 2023.

O ex-presidente esteve na capital catarinense nesta terça-feira para participar de evento da sigla. Na ocasião, Bolsonaro foi recepcionado no aeroporto de Florianópolis e, depois, esteve no Congresso Gideões, em Camboriú.

O caso da prefeita veio à tona depois de Juliana Maciel publicar um vídeo arremessando livros no lixo, e afirmar que a culpa deles estarem nas escolas seria do governo federal, Lei Rouanet, e do Partido dos Trabalhadores (PT). No postagem, ela ainda incentiva que outros gestores municipais "façam um pente fino" nas bibliotecas de suas cidades.

"Eu jamais jogaria um livro no lixo, mas porcaria numa biblioteca aqui do nosso município, não vai ter mais não. A Mundoteca é um programa do governo federal. Então, da Lei Rouanet, coisa que vocês também já conhecem. Mais uma vez o governo do PT faz esse tipo de coisa, bota o adolescente, a criança, induz a coisas que não são dos valores que a gente acredita. Não é o que a família quer que ele aprenda. Não é o que realmente uma criança, ou até um adolescente, precisa ler em uma biblioteca. Então, aqui em Canoinhas, a gente jogou esse tipo de porcaria no lixo", disse a prefeita.

Em nota, o Ministério da Cultura havia dito que apesar do programa acessar uma política pública de incentivo, ela não é uma ação do governo federal. "Peças de desinformação estão expondo o projeto Mundoteca, da FGM Produções, como sendo uma iniciativa do Governo Federal. Aprovado a captar recursos por meio da Lei de Incentivo Cultural em 2018, o projeto foi executado entre 2019 e 2023?.

Em outro vídeo postado na rede social, a prefeita explica que não era sua intenção causar "polêmica". "Enquanto política e prefeita de Canoinhas não tenho medo de me posicionar e nem de tomar decisões firmes, quando elas são necessárias. Aqueles livros não são próprios para crianças. Nem sou eu quem está dizendo e, sim, a editora. Lá na biblioteca em Marcílio Dias circulam muitas crianças, inclusive muitas atividades escolares são realizadas lá. Então, aqueles livros não podiam ficar ficar nesses espaços onde nossas crianças circulam".

Entre os livros jogados no lixo, estava Aparelho Sexual e Cia: Um Guia Inusitado Para Crianças Descoladas (Seguinte, 2018), de Zep e Hélène Bruller, e As Melhores do Analista de Bagé, de Luis Fernando Veríssimo (Objetiva, 2007). Obras apontadas como impróprias, nunca foram indicadas ou emprestadas para crianças.

A prefeita Juliana Maciel, de Canoinhas (SC), fez um vídeo jogando livros no lixo.
A prefeita Juliana Maciel, de Canoinhas (SC), fez um vídeo jogando livros no lixo.
Foto: Reprodução/Instagram/@julianamaciel_oficial / Estadão
Da esquerda para direita, deputado federal Mauricio José Eskudlark; ex-presidente Jair Bolsonaro; prefeita de Canoinhas, Juliana Maciel e governador de Santa Catarina, Jorginho Mello
Da esquerda para direita, deputado federal Mauricio José Eskudlark; ex-presidente Jair Bolsonaro; prefeita de Canoinhas, Juliana Maciel e governador de Santa Catarina, Jorginho Mello
Foto: Reprodução/Instagram/@julianamaciel_oficial / Estadão
Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade