PUBLICIDADE

Suspeito de matar turistas pernambucanas em hotel de Maceió é preso

De acordo com a polícia, ele se apresentou na delegacia com seu advogado e negou a participação no crime

21 set 2023 - 09h53
(atualizado às 10h01)
Compartilhar
Exibir comentários
As mulheres foram identificadas como Ewellyn, de 30 anos, e Jaqueline, de 19
As mulheres foram identificadas como Ewellyn, de 30 anos, e Jaqueline, de 19
Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Alagoas prendeu na tarde de quarta-feira, 20, um dos suspeitos de matar duas turistas pernambucanas em um hotel de Maceió (AL). Ewellyn da Silva Hansen, de 30 anos, e Jéssica Cassandra Pereira da Silva, de 19, foram mortas a tiros. 

A polícia suspeita que as mulheres estivessem realizando programas sexuais com vários homens na noite que antecedeu o crime. Elas foram encontradas mortas no último sábado, 16.

De acordo com a delegada Talita Aquino, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ele se apresentou na unidade, acompanhado de seu advogado, alegando inocência. “[Ele alegou] que apenas o outro indivíduo, que utilizava camisa vermelha no momento do crime, foi quem efetuou os disparos", afirmou em um vídeo divulgado nas redes sociais da Polícia Civil do estado. 

Ainda de acordo com as autoridades, o homem afirmou em depoimento não saber dizer qual foi a motivação do crime e que, aparentemente, os tiros teriam sido efetuados sem motivo algum pelo seu comparsa. Uma das vítimas foi baleada na cabeça. O suspeito também alegou que não teve como impedir o crime. 

Na última segunda-feira, 18, um terceiro suspeito, que também aparece nas imagens do local, se apresentou e confirmou que estava no hotel, mas saiu antes dos disparos. Segundo a polícia, ele foi liberado pois não ficou comprovada a sua participação nas mortes. Agora, a polícia busca identificar o autor dos disparos. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade