PUBLICIDADE

Operação Golfinho registra redução nos índices de criminalidade no Litoral Gaúcho

Número de homicídios registrados caiu 32% em relação à edição anterior

29 fev 2024 - 21h01
Compartilhar
Exibir comentários

A Brigada Militar divulgou os resultados da 54ª edição da Operação Golfinho, realizada nos litorais Norte e Sul e nos balneários de água doce do Rio Grande do Sul. Durante o período de 20 de dezembro a 26 de fevereiro, a operação resultou em uma redução significativa nos índices de criminalidade, incluindo homicídios, roubos e furtos.

Foto: Divulgação / Porto Alegre 24 horas

Segundo o balanço operacional divulgado pela Brigada Militar, o número de homicídios registrados caiu 32% em relação à edição anterior, totalizando 35 casos. Além disso, os roubos a pedestre somaram 265, representando uma diminuição de 43,6% em comparação ao ano anterior. Os roubos a estabelecimentos comerciais caíram 58%, com 23 registros, enquanto os roubos de veículos somaram 21, o que representa uma redução de 43%. Os furtos de veículos contabilizaram 142, uma queda de 36% em relação à edição anterior.

Durante a operação, foram realizadas 2.761 prisões, um aumento em comparação com as 2.565 prisões da edição anterior. A quantidade de drogas apreendidas foi de 93 quilos, um aumento de 59% em comparação com a edição anterior. A Brigada Militar empregou uma média diária de 833 policiais militares e 233 viaturas, e um total de 22,4 mil ocorrências foram atendidas, com uma média de 367 por dia.

A Operação Golfinho reforçou a segurança pública nas regiões litorâneas com o apoio dos efetivos locais, policiais militares de outros comandos regionais e das atividades especializadas da corporação, incluindo Comandos Ambiental, Rodoviário e de Choque, além dos batalhões de Aviação e de Operações Especializadas.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Publicidade