PUBLICIDADE

Filho de juiz é morto com tiros de fuzil em cidade na fronteira com Paraguai

Dois homens encapuzados executaram Gilberto Emmanuel Fernandes Abelha em Ponta Porã (MS). Polícia ainda não identificou criminosos

18 jul 2023 - 11h18
(atualizado às 11h29)
Compartilhar
Exibir comentários
Gilberto Emmanuel Fernandes Abelha foi executado a tiros de fuzil
Gilberto Emmanuel Fernandes Abelha foi executado a tiros de fuzil
Foto: Reprodução/Facebook

O filho de um juiz aposentado foi morto com vários tiros de fuzil, na tarde do último domingo, 16, em Ponta Porã (MS), cidade que faz fronteira com o Paraguai. Câmeras de monitoramento registraram o momento em que Gilberto Emmanuel Fernandes Abelha, de 41 anos, saía de uma padaria, e foi executado por dois homens (veja abaixo). Ele era filho do juiz Mário Eduardo Fernandes Abelha.

Em um vídeo obtido que circula pelas redes sociais, é possível ver um carro preto parando na Avenida Presidente Vargas, em frente a uma padaria, no Bairro Santa Izabel. Em seguida, dois homens encapuzados desembarcam do veículo e começam a atirar contra o automóvel que está Gilberto.

Os criminosos ainda ficam alguns segundos no local. As câmeras também flagraram uma  mulher que estava no local do crime se arrastando pelo chão. Pouco depois, um dos assassinos entra no carro preto e foge.

Filho de juiz é morto com tiros de fuzil em cidade na fronteira com Paraguai:

De acordo com a Polícia Civil, inicialmente, a ocorrência foi atendida pela Militar, que isolou o local para a perícia. No momento da execução, Gilberto estava acompanhado da namorada. 

As testemunhas foram encaminhadas para a delegacia da cidade, onde foram ouvidas em depoimento. As câmeras de segurança e alguns objetos foram apreendidos. A Polícia informou que a linha de investigação será mantida em sigilo até que o inquérito policial esteja devidamente finalizado. Os criminosos ainda não foram identificados.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade