1 evento ao vivo

Azeredo é considerado foragido pela polícia de MG

23 mai 2018
13h02
atualizado às 13h44
  • separator
  • 0
  • comentários

O ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB) é considerado foragido da Justiça, informou nesta quarta-feira (23) a Polícia Civil do Estado, que acrescentou estar realizando diligências para cumprir o mandado de prisão expedido contra ele na véspera.

Ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo 25/10/2005 REUTERS/Jamil Bittar
Ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo 25/10/2005 REUTERS/Jamil Bittar
Foto: Reuters

Na segunda-feira, a 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais rejeitou por unanimidade o último recurso da defesa de Azeredo contra a condenação e, por 4 votos a 1, determinou a expedição imediata do mandado de prisão contra o tucano. Azeredo foi condenado a 20 anos e 1 mês de prisão no caso conhecido como mensalão tucano.

Procurado, o escritório de advocacia que representa o ex-governador disse que não tem nenhuma declaração sobre o tema.

Azeredo, que também foi senador, deputado federal e presidente do PSDB, foi condenado por peculato (desvio de verba pública) e lavagem de dinheiro. A Justiça entendeu que houve um esquema de desvio de dinheiro público por meio de empresas estatais para financiar irregularmente sua campanha ao governo de Minas em 1998.

Na época, Azeredo, que nega as irregularidades, tentava a reeleição, mas acabou derrotado pelo ex-presidente da República Itamar Franco, já falecido.

A denúncia contra Azeredo foi aceita em 2007 pelo Supremo Tribunal Federal (STF), quando o tucano era senador. Em 2014, ele renunciou ao mandato de deputado federal, o que fez com que o caso fosse remetido à Justiça estadual mineira.

Veja também

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade