PUBLICIDADE

Avanço russo: Moscou anuncia tomada de povoado na Ucrânia

21 abr 2024 - 09h58
(atualizado às 10h45)
Compartilhar
Exibir comentários

Bogdanivka fica perto do reduto estratégico de Chasiv Yar, importante cruzamento na região de Donetsk, no leste do país, meta que o Kremlin quer capturar até 9 de maio, aniversário da vitória sobre a Alemanha nazista.O Exército russo anunciou neste domingo (21/04) a tomada do povoado de Bogdanivka, localizado a menos de três quilômetros do reduto estratégico de Chasiv Yar, um importante cruzamento na região ucraniana de Donetsk.

Soldado ucraniano opera unidade de artilharia na região de Donetsk
Soldado ucraniano opera unidade de artilharia na região de Donetsk
Foto: DW / Deutsche Welle

O anúncio expõe a pressão sofrida por Kiev em meio à falta de munição, um dia após a Câmara dos Representantes dos EUA ter aprovado, após meses de impasse, um tão esperado pacote de ajuda à Ucrânia no valor de 61 bilhões de dólares.

De acordo com o Ministério da Defesa russo, as unidades do Agrupamento do Sul assumiram no domingo o controle total do vilarejo, que antes da guerra era habitado por menos de cem pessoas.

Além disso, os soldados russos repeliram dois contra-ataques da 93ª Brigada Mecanizada do Exército ucraniano e melhoraram suas posições na direção de Chasiv Yar, disse a fonte.

Principal alvo de Moscou

A Ucrânia havia alertado nas últimas semanas que essa fortaleza, defendida pela 41ª Brigada Mecanizada, era o principal alvo de Moscou em sua atual ofensiva no coração de Donbass.

Por esse motivo, o presidente ucraniano, Volodimir Zelenski, falou pessoalmente com as tropas na sexta-feira em Chasiv Yar, uma fortaleza que Moscou espera conquistar até 9 de maio, aniversário da vitória sobre a Alemanha nazista.

A captura do cruzamento abriria caminho para um ataque russo ao principal centro militar ucraniano em Donbass, Kramatorsk, e à cidade de Sloviansk, onde o levante pró-russo eclodiu em 2014.

O Exército russo lançou uma ofensiva na linha de frente em outubro de 2023 que lhe permitiu recapturar vários redutos ucranianos, incluindo Avdivka, uma cidade nos arredores da cidade de Donetsk.

No entanto, os russos não conseguiram recuperar o território na região nordeste de Kharkiv, que controlaram entre fevereiro e setembro de 2022, para criar um cinturão de segurança e reduzir os ataques e incursões do inimigo contra a região fronteiriça de Belgorod.

md (EFE, AFP)

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade