PUBLICIDADE

“Operação Battle Royale” prende homem acusado de pornografia infantil

Polícia diz que suspeito integra grupo que usa jogos online para atrair menores de idade

18 jun 2024 - 10h08
Compartilhar
Exibir comentários
Homem preso pela polícia em Goiás é acusado de divulgar fotos e vídeos de pornografia infantil
Homem preso pela polícia em Goiás é acusado de divulgar fotos e vídeos de pornografia infantil
Foto: Reprodução / iStock

A Polícias Civis do Amapá e de Goiás cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa de um homem de 19 anos, na cidade de Goianira (GO), como parte da “Operação Battle Royale”, que investiga um grupo acusado de pornografia infantil no Brasil. Uma das vítimas foi uma criança de 8 anos, do Amapá.

Segundo a Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos do Amapá (via G1), o suspeito integra o grupo investigado, que faz uso de um jogo online para contatar as vítimas para realizar o chamado estupro virtual e divulgar as cenas em grupos de aplicativo. 

O nome “Operação Battle Royale” foi justamente escolhido em alusão ao ambiente do jogo usado pelos criminosos.

Ainda de acordo com a polícia, o homem realizava a divulgação de fotos e vídeos de pornografia infantil e contava com a participação de pessoas de diversos estados.

“Essa operação é fruto de investigação e da integração entre as polícias do Amapá e de Goiás na luta contra a pornografia infantil na internet. Estamos determinados a continuar combatendo esses grupos criminosos que utilizam a tecnologia para praticar crimes contra menores de idade”, disse a delegada Áurea Uchôa.

Os materiais apreendidos serão analisados minuciosamente para que possam fornecer informações que sirvam para ajudar em novas investigações e operações, de acordo com a delegada.

Fonte: Game On
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade