PUBLICIDADE

Quem são os streamers e pro players mais famosos do Brasil?

Conheça dez dos streamers mais famosos no Brasil! Entre eles estão Alanzoka, Cellbit e YoDa. E é sobre isso.

11 nov 2021 15h18
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação

Uma das maiores febres no mundo gamer definitivamente são os streamers. Mas afinal, o que é um streamer? Se você caiu aqui de paraquedas e não conhece a terminologia, vem que te explico rapidinho. “Streamers” é o termo em inglês utilizado para se referir às pessoas que realizam transmissões ao vivo — as famosas “lives” — de jogos em geral. A Twitch, grande plataforma de stream de jogos, é um dos maiores nomes neste ramo, que a cada dia se torna maior.

Jogadores e criadores de conteúdo ao redor do mundo fazem parte da Twitch, transmitindo seus jogos favoritos enquanto há espectadores que interagem com o jogador, assistem às partidas, fazem doações em dinheiro etc. Abaixo você confere alguns dos streamers mais famosos no Brasil, pois merecem sua atenção não só pela habilidade que possuem jogando, mas pelo carisma e entretenimento que oferecem.

Alanzoka

Foto: Twitter/alanzoka

Alan “Alanzoka” Ferreira se destaca como o streamer da Twitch com mais seguidores no Brasil. São 5,2 milhões de seguidores em seu canal. A marca é tão relevante que o streamer está presente no TOP 20 mundial da plataforma, sendo o 17.º colocado com mais seguidores do mundo.

Em suas lives, Alan varia bastante os jogos transmitidos, com mais de 500 jogos diferentes. Ele não joga muitos jogos de forma recorrente, a não ser Rocket League quando há falta de lançamentos. Portanto, não é incomum você entrar na live e o Alan estar jogando algo mais focado em campanha ou então algum lançamento recente. Alan “Alanzoka” Ferreira tem 31 anos (será?), e mantém suas atividades desde 2011.

Aqui você pode acessar o canal do Alanzoka na Twitch.

Babi

Foto: Twitter/loud_babi

Bárbara “Babi” Passos é uma streamer da organização LOUD, uma empresa focada em jogos, streamers, e-sports e estilo de vida. Babi é jogadora profissional de Free Fire e GTA RP, um dos maiores fenômenos dos últimos tempos. Com 1,3 milhões de seguidores na plataforma, a streamer é a mulher com mais seguidores do Brasil. Apesar de estar em evidência não somente por ser a brasileira mais seguida na Twitch, Babi também é referência pela sua grande habilidade em Free Fire, que joga de modo profissional.

Como jogadora profissional de Free Fire, o game está sempre presente em suas lives, mas ela também joga outros jogos e também faz muitas lives só conversando com seus seguidores. A moça não se atém somente aos jogos eletrônicos, ela é fã de futebol e relata isso em seu documentário, visto na série SOMOS LOUD. Babi tem 22 anos, e começou a ter mais notoriedade com sua ascensão, em 2019, com a sua entrada no time da LOUD.

Aqui você pode acessar o canal do Babi (também conhecido como LOUD_Babi) na Twitch.

Baiano

Foto: Twitter/baianolol1

Gustavo “Baiano” Gomes foi jogador profissional de League of Legends, entretanto, o que o levou a ser um dos streamers mais conhecidos foi o Baianalista, que trouxe o mercado de apostas para dentro dos e-sports. Baiano também criou o evento beneficente CBolão, que reuniu grandes personalidades e profissionais de LoL em um campeonato narrado pelo próprio streamer; a primeira edição do campeonato arrecadou mais de R$ 170 mil para o combate contra a COVID-19.

O jogador já foi envolvido em casos de ban, pela própria Riot Games, por praticar elojobs, que é ser pago para melhorar contas inferiores. Apesar disso, Baiano se destacou fortemente sem ajuda de times consagrados, atualmente. O streamer está envolvido em alguns projetos fora das streams, como o seu time profissional Só Agradece, sua hamburgueria Baiburguer e até com a música Na base, junto dos cantores Léo Santana e Kawe. Por fim, seu último projeto foi o talk show Play Night. Baiano tem 27 anos, e desde 2019 não atua mais como jogador profissional, se dedicando a análises e streams.

Aqui você pode acessar o canal do Baiano na Twitch.

Cellbit

Foto: Twitter/cellbit

Rafael “Cellbit” Lange é um dos streamers brasileiros mais conhecidos por transmitir algo mais de nicho, que é Ordem Paranormal, um RPG de mesa criado por ele mesmo. Em suas lives, ele reúne outras personalidades da internet para serem os jogadores, enquanto ele faz o papel do mestre. O streamer já teve um canal no YouTube que era intitulado “Cellbitos”, porém, após problemas com AdSense, ele teve de criar outro canal, que é o seu atual “CellBits”.

Cellbit lançou uma campanha no Catarse para transformar seu RPG de mesa em um verdadeiro game, a meta de R$ 500 mil foi batida em poucas horas, e a campanha (que se encerrou em 16 de dezembro de 2020) arrecadou mais de R$ 4 milhões, batendo todas as metas estendidas. O jogo está previsto para ser lançado em junho de 2022, com versões para PC e consoles. Cellbit tem 24 anos, e suas principais transmissões são da categoria “RPGs de mesa”.

Aqui você pode acessar o canal do Cellbit na Twitch.

Davy Jones

Foto: Twitter/DavyJonesRJ

Gustavo “Davy Jones” Sanches faz lives mais focadas em Call of Duty: Warzone, porém, sempre que surge algum novo lançamento, ele também joga em live. Os últimos lançamentos foram Deathloop, Kena: Bridge of Spirit e Hot Wheels Unleashed. Apesar de focar em conteúdos para jogos em diversos títulos, Davy Jones também possui um canal, chamado Estúdio Pirata, que desde 2010 é alimentado com teor mais humorístico, mas também tendo jogos envolvidos.

Davy Jones também é do dono do canal Gameplayrj onde comenta diversas notícias do mundo dos games e da cultura pop. Recentemente também está participando do podcast Flow Sport Club, onde faz parceria com Igor 3K do Flow Podcast. O programa é focado em futebol e tem como convidados jogadores deste esporte, tendo sua estreia em setembro deste ano. Davy Jones tem 33 anos, e iniciou sua produção de conteúdo na internet em 2011.

Aqui você pode acessar o canal do DavyJones na Twitch.

FalleN

Foto: Twitter/FallenNCS

Gabriel “FalleN” Toledo é jogador profissional de Counter-Strike: Global Offensive e está no time da Liquid. Suas lives são dedicadas quase totalmente a Counter-Strike: Global Offensive, porém já jogou em live títulos como FIFA 21, Dota 2 e World of Warcraft. Apesar de FalleN não migrar entre muitos jogos ou realizar transmissões de outros títulos, a não ser o CS:GO, o jogador conta com muitas contratações entre times brasileiros e estrangeiros deste jogo, oferecendo a ele muita experiência, sem falar na grande quantidade de campeonatos, inclusive internacionais, que FalleN já ganhou.

Atualmente FalleN está na Team Liquid, time profissional visto em diversos jogos online atuais. Participando do time de Counter-Strike, FalleN está cogitando sair deste time para ingressar em um formado completamente por brasileiros, mas essa ação não será tão fácil. Como o jogador possui contrato até 2022, o time interessado deverá desembolsar alguma quantia para ter a participação de FalleN antes deste prazo. FalleN tem 30 anos, lida com times profissionais desde 2007.

Aqui você pode acessar o canal do FalleN na Twitch.

Jukes

Foto: Twitter/Jukeslol

Flávio “Jukes” Fernandes é um streamer de League of Legends reconhecido internacionalmente. Jukes hoje faz parte do time de criadores de conteúdo da PaiN e suas lives são quase sempre dedicadas ao LoL, mas já fez stream de World of Warcraft. O jogador também já fez participação em times internacionais, como a Cloud9 Academy, por exemplo.

Seu foco na Twitch leva a vários vídeos contendo gameplays interessantes e cheias de habilidades, sem falar no conteúdo engraçado que acaba sendo gerado, fazendo com que o jogador seja reconhecido não somente pelas altas jogatinas, mas também por oferecer um conteúdo bastante cômico. Jukes tem 23 anos, e iniciou suas atividades com League of Legends em 2013 e se tornou streamer em 2014.

Aqui você pode acessar o canal do Jukes na Twitch.

Gaules

Foto: Twitter/Gaules

Alexandre “Gaules” Borba é um dos streamers mais conhecidos do Brasil. Gaules já foi jogador profissional de Counter-Strike e também já foi técnico de time, hoje faz lives dos campeonatos do game. Um dos grandes feitos do streamer foi ter transmitido os playoffs da NBA em parceria com a liga. Durante o Prêmio eSports Brasil, Gaules recebeu os prêmios de Melhor Streamer e de Personalidade do Ano dos eSports.

De acordo com sua descrição na Twitch, o jogador afirma que é possível vê-lo em transmissão pelo menos uma vez por dia. Ele começou sua carreira profissional, inclusive através de Counter-Strike, em 2001, e desde então vem arrastando fãs ao longo dos anos. Além disso, o streamer também faz transmissões de Valorant, outro FPS. Gaules tem 38 anos, e teve seu primeiro campeonato ganho em 2007.

Aqui você pode acessar o canal do Gaules na Twitch.

Nobru

Foto: Twitter/Nobru

Bruno “Nobru” Goes foi jogador profissional de Free Fire no time do Corinthians. Nobru se destaca como o segundo streamer com mais seguidores do Brasil. O streamer também foi eleito o Melhor Jogador do Free Fire World Series 2019. Suas lives são dedicadas ao Free Fire com a Copa Nobru, o seu próprio campeonato.

Não sendo somente uma estrela e jogador prodígio, Nobru também é um influenciador e tanto até mesmo nas redes sociais. É possível encontrar números muito altos quando vemos os seguidores de Nobru em redes sociais como YouTube, Instagram, TikTok e Twitter, claro, tendo como público alvo as pessoas com a média de sua idade.Nobru tem 20 anos, e já fez participações, inclusive, com a cantora Anitta em algumas gameplays.

Aqui você pode acessar o canal do Nobru na Twitch.

YoDa

Foto: Twitter/StoneDYooDa

Felipe “YoDa” Noronha foi jogador profissional de League of Legends. Apesar de não ser mais jogador profissional, ainda joga LoL em suas lives e alguns lançamentos. Outro jogo que se faz presente em suas streams é Sea of Thieves. Um dos maiores precursores quando nos referimos à transmissão de jogos, principalmente League of Legends, YoDa já passou por várias etapas do cenário: desde jogador profissional à empresário.

O jogador chegou a, inclusive, participar do ranking mundial de melhor Katarina do mundo, e ele nunca se poupou do título, e na época em que ocorreu, sempre deixava claro em suas transmissões: principalmente em jogo, onde demonstrava que realmente tinha toda habilidade.YoDa já criou diversos quadros como Playlist, YoTalk Show e Casos de Trab. Ele também é fundador do grupo Sohloiro (SL) que é a junção da SL Network, SL Studios e Yogamers do Bem. YoDa tem 26 anos, e começou suas lives em 2014.

Aqui você pode acessar o canal do YoDa na Twitch.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade