PUBLICIDADE

Zé Roberto Guimarães pede patrocínio ao Barueri após ir à final do Paulista: 'Precisamos de ajuda'

Treinador desabafa após garantir vaga na decisão do estadual feminino de vôlei ao superar o Sesi-Bauru por 3 sets a 0; técnico tricampeão olímpico é o responsável pela criação do time, projeto que completou cinco anos nesta terça-feira

13 out 2021 09h38
| atualizado às 10h28
ver comentários
Publicidade

A vaga obtida pelo Barueri na final do Campeonato Paulista Feminino de vôlei foi motivo de comemoração e também de desabafo para o técnico José Roberto Guimarães. Único tricampeão olímpico do Brasil, ele pediu patrocinadores para a equipe, que completou cinco anos justamente no dia em que superou o Sesi-Bauru por 3 sets 0 (25/22, 25/21 e 25/17) e avançou à final do torneio.

"Fico preocupado porque o projeto já perdeu cinco jogadoras em 2020, outras cinco nesta temporada e não queríamos mais perder, mas queremos dar continuidade a esse projeto. É um motivo de muito orgulho porque minha família, esposa e filhas se dedicam muito", disse Zé Roberto, em entrevista ao canal SporTV. "Muita gente tem nos ajudado e apoiado. Precisamos de ajuda e apoio para esse projeto tão bonito não morrer." As redes sociais ouviram o treinador e até criaram uma hashtag sobre o assunto: #PatrocineOBarueriVolei.

José Roberto Guimarães pediu patrocinadores para o Barueri após classificação do time para a finaldo Paulista Feminino
José Roberto Guimarães pediu patrocinadores para o Barueri após classificação do time para a finaldo Paulista Feminino
Foto: Divulgação/FIVB / Estadão

O projeto do Barueri começou em 2016 com recursos próprios do vitorioso treinador. A equipe já contou com grande patrocinador. E, três anos depois de criado, o time fez parceria com o São Paulo, na época comandado pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. O clube do Morumbi encerrou vínculo com a equipe em abril deste ano.

Mesmo sem um patrocinador ou parceiro de peso, o Barueri faz boa campanha no Paulista. Na noite desta terça-feira, eliminou o Bauru e garantiu vaga na final, contra o Osasco. "Fico emocionado, me emocionei durante a partida vendo a forma como o time jogou. Erramos muitos saques, porém, ver essas meninas jogando esse vôlei feliz e alegre, mas com os pés no chão sabendo das dificuldades que a gente atravessa para que tudo melhore", comentou Zé Roberto.

"Não tem bola perdida, sentir a energia e a forma como elas estão comunicando me emociona muito. Para vencer esse jogo tínhamos que ter tido o mesmo foco e preparação que tivemos em Barueri, mas acho que essas meninas estão aprendendo em uma velocidade grande", disse o técnico, que também comanda a seleção brasileira feminina.

A final do Campeonato Paulista será disputada em melhor de três jogos. O primeiro está marcado para a sexta-feira, no ginásio José Liberatti, em Osasco. O segundo será na terça-feira, dia 19, em Barueri. Se o terceiro jogo for necessário, será disputado no dia 22.

Estadão
Publicidade
Publicidade