PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Vôlei

Renan exalta a força da Argentina e explica substituições

Técnico destacou a qualidade técnica e a força dos adversários, garantindo que todos os seus comandados mostraram garra e disposição

7 ago 2021 - 04h47
(atualizado às 05h11)
Compartilhar
Exibir comentários

Neste domingo, o time masculino de vôlei do Brasil foi derrotado pela Argentina e deixou os Jogos Olímpicos de Tóquio sem conquistar uma medalha. Após a partida, o técnico Renan dal Zotto destacou a qualidade técnica e a força dos adversários, garantindo que todos os seus comandados mostraram garra e disposição na quadra.

O técnico Renan Dall Zotto na derrota para a Argentina neste sábado nos Jogos Olímpicos de Tóquio Valentyn Ogirenko/Reuters
O técnico Renan Dall Zotto na derrota para a Argentina neste sábado nos Jogos Olímpicos de Tóquio Valentyn Ogirenko/Reuters
Foto: Valentyn Ogirenko / Reuters

"Não podemos tirar o mérito deles. Tiveram um volume de jogo muito grande, foi difícil de derrubar a bola. Quando ficamos em dificuldades, estávamos tensos. Acho que houve entrega 100% de todos, todos queriam a medalha. Não foi suficiente", disse à TV Globo.

"A Argentina jogou bem, e nós alternamos, sem conseguir sair das dificuldades", completou.

Na sequência, Renan explicou por que fez poucas mudanças na equipe brasileira ao longo da partida, mantendo os titulares em quadra por maior tempo.

"O jogo teve muitas alternâncias, você precisa pensar rapidamente em todas as possibilidades. Todos tiveram oportunidade de dar o melhor, difícil. Talvez daqui a meia hora seja mais fácil analisar. Te digo que há peças importantes que historicamente reagiam bem. Nós não funcionamos como time, não dá para colocar na conta", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade