PUBLICIDADE

EUA vencem Sérvia e pegam Brasil ou Coreia na final do vôlei

Norte-americanas atropelam rival por 3 a 0 e aguardam definição das vencedoras do duelo entre brasileiras e sul-coreanas na outra semifinal

6 ago 2021 02h37
| atualizado às 03h02
ver comentários
Publicidade

Nem parecia uma semifinal de Jogos Olímpicos: os Estados Unidos não tiveram grande trabalho para superar a Sérvia, nesta sexta-feira de madrugada (pelo horário de Brasília), e carimbar o passaporte para a briga pela medalha de ouro no vôlei feminino em Tóquio. A vitória foi por 3 sets a 0.

Jogadoras dos Estados Unidos comemoram passagem à final no vôlei feminino
Jogadoras dos Estados Unidos comemoram passagem à final no vôlei feminino
Foto: Carlos Garcia Rawlins/Reuters

A parciais do triunfo conquistado na Arena Ariake foram de 25/19, 25/15 e 25/23, em apenas 1h20min de disputa. As norte-americanas tiveram domínio amplo da partida e, com bloqueio e defesa ajustados, conseguiram diminuir muito a efetividade da principal peça sérvia: a oposto Boskovic.

Mesmo assim, Boskovic, acionada com muita frequência nos ataques sérvios, terminou como maior pontuadora do duelo, com 19 acertos. Pelo lado norte-americano, os principais destaques ofensivos foram Andrea Drews, com 17 pontos, e Jordan Larson, com 15.

Agora, os Estados Unidos aguardam a definição do seu adversário da final, que sairá da outra semifinal entre Brasil e Coreia do Sul, marcada para ocorrer nesta sexta-feira, às 9 horas (de Brasília).

Brasileiras e norte-americanas decidiram o vôlei feminino dos Jogos Olímpicos duas vezes. E foram duas vitórias do time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães, que comemorou o bicampeonato olímpico com os títulos em Pequim-2008 e Londres-2012.

Os Estados Unidos, por sinal, avançam pela quarta vez à final olímpica no vôlei feminino, sendo que nunca conseguiram faturar o título. O outro vice-campeonato aconteceu nos Jogos de Los Angeles-1984, quando caíram diante da China. Para completar, o país tem outros dois bronzes olímpicos com as mulheres na modalidade, obtidos em Barcelona-1992 e na Rio-2016.

 

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade