PUBLICIDADE
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

Pedrinho dispara: "A SAF está quebrada"; confira entrevista do presidente

Presidente do Vasco, em entrevista coletiva na Câmara dos Vereadores do Rio, falou sobre assuntos envolvendo SAF, negociação de Coutinho e situação de Payet.

18 jun 2024 - 23h30
(atualizado às 23h30)
Compartilhar
Exibir comentários
Pedrinho concedeu entrevista coletiva na Câmara dos Vereadores do Rio
Pedrinho concedeu entrevista coletiva na Câmara dos Vereadores do Rio
Foto: Reprodução / Esporte News Mundo

Presidente do Vasco, Pedrinho concedeu entrevista coletiva na Câmara dos Vereadores do Rio, após a aprovação do Projeto de Lei pela reforma e transferência do potencial construtivo do estádio de São Januário, realizada nesta terça-feira (18). Na ocasião, o mandatário vascaíno falou sobre diversos assuntos envolvendo o Cruzmaltino, sendo um deles o atual momento da SAF do Vasco, afirmando estar "quebrada".

O assunto veio à tona através de uma pergunta sobre a situação de uma dívida do Vasco com o camisa 10 Dimitri Payet. Pedrinho, por sua vez, alegou que o pagamento referente às luvas do meia não é de sua gestão, mas sim da SAF, até então, gerida pela 777 Partners.

"A SAF está quebrada. Tem gente preocupada com aporte. A SAF está quebrada, e eu já sabia que isso aconteceria, por isso entrei com a liminar. Minha relação com o Payet é ótima. A dívida com Payet é de março, não fui eu quem fiz. A SAF foi criada justamente para dar estabilidade por meio de uma empresa que seja saudável financeiramente e que passe saúde financeira para o clube. Isso não aconteceu", iniciou o presidente do Vasco.

Em seguida, Pedrinho detalhou que as luvas estão atrasadas desde 2023. Portanto, não envolvem a sua atual gestão, que, na opinião do presidente, está estruturando financeiramente o clube. Além disso, o dirigente respondeu sobre uma possível saída de Payet do Vasco, alegando que o francês só sai do clube por vontade própria.

"As luvas estão atrasadas desde o ano passado. Já estamos estruturando financeiramente o clube. Honrando com salários em dia. Vamos fazer isso até o fim do ano. Estou levando responsabilidade. (O Payet) só não fica no clube se ele pedir para sair", completou.

Confira abaixo outros trechos importantes sobre a coletiva do presidente do Vasco, Pedrinho:

CEO novo no Vasco?

"Estamos no mercado buscando. A gente precisa entender, é um cargo que foi para o lado esportivo e eu entendo que é um cargo financeiro e econômico. Os nomes maiores, de grande potencial, tem vida que é difícil de tirar dessa situação. A gente deve colocar alguém de forma temporária para agilizar e entender o que é o cenário, para quando tiver o nome com potencial para ocupar o cargo"

Novela Philippe Coutinho

"Com relação ao Coutinho, é lógico que ele vai ser cobiçado por outros clubes. Mas um ponto muito positivo é que ele quer muito vir jogar no Vasco. A primeira, a segunda e a terceira opções dele são o Vasco. Isso é ótimo. Já fizemos a proposta para o Coutinho, está sendo avaliada, com ajustes, com toda a gestão esportiva dele. Ele está abrindo mão de muita coisa para vir. Estou fazendo um esforço absurdo. Está tudo construído e indo bem. Ficamos muito ansiosos para ter um final feliz"

"Está tudo sendo construído (retorno de Coutinho), andando muito bem. Eu não gosto de falar (antes), mas está bem encaminhado. A proposta foi entregue para a gestão do Coutinho, ele está avaliando. Se tiver que fazer algum ajuste, a gente vai dentro das possibilidades fazer"

Retornos de Souza e Alex Teixeira? Presidente poupou palavras

"São coisas que podem acontecer dentro do contrato. Com um ponto final, para sim ou para não, falaremos sobre"

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade