PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul
Logo do Vasco

Vasco

Favoritar Time

Paulinho, do Vasco, é multado duas vezes na mesma noite por dirigir sem habilitação

Jogador foi flagrado por drones ao pagar motorista irregular para tentar escapar da blitz ao dirigir sem habilitação no Rio de Janeiro

20 abr 2024 - 10h13
(atualizado às 14h51)
Compartilhar
Exibir comentários
Jogador do Vasco é multado duas vezes em poucos minutos após tentar enganar blitz da Lei Seca no RJ:

O volante Paulinho, do Vasco, passou por uma situação incomum. Afinal, a Lei Seca multou o jogador duas vezes numa mesma noite por dirigir sem habilitação no bairro carioca da Barra da Tijuca. De acordo com a reportagem do Jornal Nacional, da TV Globo, o meio-campista, depois de parado pelos agentes que faziam a inspeção no local, tentou enganá-los com o auxílio de um outro homem.

No entanto, um drone flagrou o atleta cruz-maltino, algo que acarretou na segunda punição dentro de poucos minutos. No primeiro momento, a inspeção multou o jogador por dirigir sem habilitação. Em seguida, o informou que para sair do local com o veículo precisaria de uma pessoa habilitada.

-
-
Foto: Leandro Amorim/Vasco - Legenda: Inspeção da Lei Seca multa Paulinho duas vezes numa mesma noite / Jogada10

Foi então que nesse momento, um homem de camisa preta se aproximou da ocorrência. Trata-se, portanto, de Thiago Almeida Bianchi de Mattos, um tipo de "motorista profissional" conhecido entre os agentes como "fada". Ele geralmente fica no entorno da blitz para levar o carro de motoristas impedidos de dirigir e cobrá-los por isso.

O volante, então, ficou no banco traseiro, enquanto Thiago conduzia o veículo. O jogador do Vasco, porém não obteve sucesso. Agentes que monitoravam a ação pararam o atleta 500 metros depois do posto onde o atleta havia sido multado pela primeira vez.

Segunda interceptação

De acordo com a Polícia Militar, o meio-campista fez um PIX no valor de R$ 300 antes da segunda interceptação. Após o pagamento, reassumiu o volante e despediu-se de Thiago, porém três agentes da Lei Seca que acompanhavam a movimentação via drone fizeram o jogador descer do carro.

Por fim, a inspeção multou Paulinho novamente, enquanto prendeu, em flagrante, o motorista Thiago Almeida Bianchi de Mattos. Ainda segundo a polícia, o profissional cometeu um crime quando entregou a direção do carro a uma pessoa não habilitada. A pena é de seis meses a um ano de detenção. Além disso, ele foi multado, perdeu sete pontos na carteira e vai responder em liberdade, já exercendo sua função no dia seguinte.

Um dos grandes destaques do Vasco em 2023, o jogador não atua desde janeiro, quando sofreu ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho direito.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade