0

Tênis

Roger Federer revela que pode jogar até os 40 anos

Reuters
17 jul 2017
14h00
atualizado às 14h30
  • separator
  • comentários

No último final de semana, o suíço Roger Federer sagrou-se campeão de Wimbledon pela oitava vez. O experiente atleta bateu o croata Marin Cilic na grande decisão e, além do título, também bateu o recorde de vitórias em solo inglês, se tornando o maior campeão da história do tradicional torneio.

O suíço de 35 anos revelou que pretende atuar profissionalmente por mais cinco temporadas. "Eu acredito que é possível (jogar até os 40 anos). Se minha saúde permitir, se tudo estiver bem. Se eu tirar 300 dias fora do circuito, me preparar apenas para Wimbledon, eu sei que não estarei machucado para a competição", afirmou o tenista em entrevista ao site britânico Daily Mail .

A vitória em Wimbledon também alçou Federer ao terceiro lugar do ranking da ATP, ultrapassando Novak Djokovic e Stan Wawrinka. Agora, o suíço está atrás de Rafael Nadal, segundo colocado, e Andy Murray, atual líder.

Dono de 19 Grand Slams, Federer, que é conhecido por ser discreto fora dos holofotes, aproveitou a madrugada do último domingo para celebrar o título na Inglaterra.

"Estou com a cabeça pesada. Não sei o que fiz na noite passada. Acho que misturei bebidas demais", relatou o suíço em entrevista coletiva, arrancando gargalhada dos jornalistas. O experiente tenista dividiu mesa com a campeã espanhola Garbiñe Muguruza no tradicional jantar de Wimbledon, e depois seguiu para um pub de Londres, com cerca de 40 amigos e familiares. "Nos divertimos muito. Fui para a cama às cinco da manhã e não me senti muito bem quando acordei. Só comecei a me sentir melhor há uma hora", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade