1 evento ao vivo

Halep celebra fim do jejum em Grand Slams: 'Não queria repetir os outros anos'

Númeor 1 do ranking mundial superou norte-americana Sloane Stephens por 2 sets a 1, de virada

9 jun 2018
14h49
  • separator
  • comentários

Demorou, mas o primeiro título da carreira de Simona Halep em torneios de Grand Slam veio neste sábado. A romena, líder do ranking mundial, levou um grande susto na decisão de Roland Garros diante da norte-americana Sloane Stephens, mas venceu por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/1.

Foi a consagração da tenista que vinha sonhando com seu primeiro Grand Slam desde a primeira final frustrada, em 2014, na mesma quadra Philippe Chatrier, diante da russa Maria Sharapova. No ano passado, ela voltou a ser superada na decisão de Roland Garros, com uma dura virada para Jelena Ostapenko. E, nesta temporada, a romena foi batida pela dinamarquesa Caroline Wozniacki na decisão do Aberto da Austrália.

"Obrigado, gente. Foi incrível sentir o apoio de vocês", declarou Halep logo após a partida, ainda em quadra. "No último game, eu não conseguia respirar. Eu apenas não queria repetir o que aconteceu nos outros anos. Eu sonhei com este momento desde que comecei a jogar tênis e mal posso acreditar."

Na decisão, Halep contou com o apoio de uma pequena torcida romena, que compareceu à Philippe Chatrier e a embalou. A tenista de 26 anos se tornou apenas a primeira romena a vencer em Roland Garros desde Virginia Ruzici, no distante ano de 1978.

"Eu vi algumas pessoas com a bandeira da Romênia. Obrigado a vocês, à minha família e amigos e ao povo romeno pelo apoio fantástico. É incrível que, 40 anos depois da Virginia, eu venci. Estou feliz por conseguir isso e espero voltar à final aqui, porque é meu torneio favorito", afirmou.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade