PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

"São Paulo não tinha condições", diz Muricy sobre Dani Alves

Coordenador do Tricolor explicou situação do ex-camisa dez do time, que deixou o clube após uma dívida que gira em torno de R$ 18 milhões

25 out 2021 14h34
| atualizado às 14h42
ver comentários
Publicidade
Daniel Alves rescindiu contrato com o São Paulo em agosto (Foto: Fellipe Lucena / saopaulofc)
Daniel Alves rescindiu contrato com o São Paulo em agosto (Foto: Fellipe Lucena / saopaulofc)
Foto: Lance!

O coordenador técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, falou sobre a saída de Daniel Alves, que rescindiu o contrato em setembro após uma dívida que gira em torno de R$ 18 milhões. Para ele, o Tricolor não tinha condições de arcar com o jogador.

"O São Paulo não tinha condições de ter o Daniel, porque o salário dele é altíssimo, como foi demonstrado. Então, o jogador também tem razão. O cara vai lá, trabalha todo dia, joga. Ele tem que receber. Acumulou muito a dívida, porque não pagavam desde quando ele chegou, não sei. Nisso ele tem razão", afirmou Muricy, em entrevista ao Mesa Redonda, da TV Gazeta.

Muricy relembrou da polêmica fala de Daniel Alves após a conquista do ouro olímpico, quando o jogador criticou a diretoria do São Paulo pela dívida. Segundo o dirigente, as duas partes falharam na relação.

"Acho que os dois lados falharam. Agora, o que não foi legal, e acho que depois ele até reconheceu, foi depois da Olimpíada. As declarações não caíram bem. A gente facilitou a ida dele para as Olimpíadas. Não criamos nenhum problema. A gente respeitou o sonho dele, e receber aquelas palavras, acho que foi duro demais", finalizou Muricy.

Livre no mercado, Daniel Alves chegou a ter negociações avançadas com o Fluminense, mas o negócio não avançou.

Lance!
Publicidade
Publicidade