PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Favoritar Time

São Paulo arrecada mais de R$ 30 milhões em vendas de atletas antes da abertura da janela

Tricolor acertou as transferências de Volpi e Marquinhos, que estavam no elenco profissional, e vendeu porcentagem que ainda tinha do zagueiro Tuta

19 mai 2022 07h38
ver comentários
Publicidade

Em grave crise financeira. o São Paulo aposta na venda de jogadores para ajudar na questão orçamentária do clube, que tem dívidas acumuladas acima dos R$ 600 milhões. Com isso, o clube já arrecadou, antes mesmo da abertura da janela de transferências, mais de R$ 30 milhões em vendas de atletas do elenco profissional e também em parte de direitos de um jogadores que renovou contrato em clube da Alemanha.

Volpi foi um dos jogadores vendidos pelo São Paulo (Foto: Divulgação/São Paulo)
Volpi foi um dos jogadores vendidos pelo São Paulo (Foto: Divulgação/São Paulo)
Foto: Lance!

A primeira venda confirmada foi a do goleiro Tiago Volpi para o Toluca-MEX. Antes titular da equipe, o jogador perdeu espaço nesta temporada após a chegada de Jandrei. O negócio foi sacramentado por aproximadamente em US$ 1,5 milhão, o equivalente a R$ 7,5 milhões na cotação atual.

O valor da negociação foi bem abaixo da quantia que o São Paulo pagou em 2019 para contratar o goleiro: US$ 5 milhões (R$ 21 milhões na cotação da época).

Logo depois, surgiu o interesse do Arsenal-ING em Marquinhos. Sobre a cria de Cotia, o clube precisou acelerar as movimentações devido a um problema contratual do jovem atleta. Seu contrato previa cinco temporadas de vínculo, mas a Fifa permite apenas três por conta da idade. Assim, o São Paulo podia não receber nada pelo jogador.

A venda deve ser firmada por 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 15,8 milhões). Restam apenas alguns detalhes para o anúncio da negociação.

Outro valor que o São Paulo embolsou foi em relação ao zagueiro Tuta. O Eintracht Franfurt-ALE anunciou a renovação de contrato com o defensor até 2026. Na extensão do vínculo com os alemães, o São Paulo vendeu R$ 8 milhões dos 30% dos direitos que ainda possuía do atleta.

Somados os valores das três negociações, o São Paulo deve embolsar aproximadamente R$ 31 milhões. O clube ainda espera a abertura da janela de transferências em julho para realizar novas vendas, conforme adiantado pelo presidente Julio Casares.

Lance!
Publicidade
Publicidade