3 eventos ao vivo

Dudu agradece carinho, mas não garante que fica no Palmeiras

Atacante tem contrato até 2022, mas pode deixar o clube já nesta virada de ano; situação ainda está in

2 dez 2018
22h01
atualizado em 3/12/2018 às 17h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Com o título brasileiro garantido desde o último domingo, a despedida do Palmeiras da temporada foi marcada por muita festa, principalmente das arquibancadas. Desde antes do apito inicial, a torcida alviverde ditou o ritmo da comemoração com mosaicos, gritos de "campeão" e até mesmo cânticos direcionados aos atletas, entre eles Dudu, um dos mais cotados para deixar o Palestra Itália na janela de transferências do fim do ano.

Dudu comemora o título de campeão brasileiro após a partida contra o Vitória, no Allianz Parque
Dudu comemora o título de campeão brasileiro após a partida contra o Vitória, no Allianz Parque
Foto: MARCELLO FIM/O FOTOGRÁFICO / Estadão

"Fico feliz pelo carinho da torcida. Isso demonstra que eu fiz um bom trabalho dentro de campo e tenho sempre que fazer o meu melhor. Vejo que desde que cheguei cumpri bem o meu papel com a camisa do Palmeiras e o mais gratificante é ver que a torcida reconhece esse nosso esforço", disse Dudu ainda no gramado do Allianz Parque.

Ouça o podcast Terra Futebol:

Quanto ao futuro, o camisa 7 preferiu adotar o clima de mistério. Especulado para deixar o clube desde o meio do ano, quando recusou em conjunto com a diretoria uma proposta do futebol chinês, o atacante permaneceu para a reta final da temporada, mas deve voltar a ser assediado na janela de transferências. Ainda assim, o discurso é de dever cumprido independente da continuidade ou não para 2019.

"Eu tenho contrato até 2022 com o Palmeiras. A gente sabe que algumas propostas chegariam, mas meu pensamento agora é apenas de ir para as férias, descansar, e se Deus quiser em 2019 teremos um ano melhor", ressaltou. "Ninguém sabe o dia de amanhã, não tem nada ainda e independente do que aconteça eu estou feliz vestindo a camisa do Palmeiras. Minha família vive muito bem aqui, sou muito bem tratado", continuou o atacante.

Considerado um dos maiores ídolos da história recente do Palmeiras, Dudu também não descartou escrever uma história ainda maior no clube, mas reconheceu a dificuldade: "A gente sabe que é cada vez mais difícil ficar muito tempo em um mesmo clube, mas tenho respeito pelo Palmeiras. Toda a vez que eu entrar em campo vestindo essa camisa vai ser com máxima dedicação, quem sabe até o fim do meu contrato".

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade