PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

MMA

Anderson sofre fratura assustadora, e Weidman garante cinturão em revanche

29 dez 2013 - 03h26
(atualizado às 11h37)
Compartilhar
Exibir comentários

O brasileiro Anderson Silva tentou retomar o cinturão dos médios do UFC, mas acabou dando adeus às chances de recuperar seu título por conta de uma surpreendente lesão. Neste sábado, no segundo round da revanche, em Las Vegas, o brasileiro acertou chute na perna do americano Chris Weidman e imediatamente caiu no octógono ao sentir uma fratura.

Anderson tentava retomar o cinturão dos médios, que havia perdido em julho para Weidman
Anderson tentava retomar o cinturão dos médios, que havia perdido em julho para Weidman
Foto: Reuters

A perna esquerda de Anderson se dobrou quando acertou o joelho do adversário, fazendo com que o brasileiro desabasse com dor e desespero. Imediatamente, a vitória foi definida para Weidman, enquanto o antigo campeão recebia atendimento médico. O ex-campeão foi levado a um hospital local para passar por cirurgia.

Chris Weidman comemora depois de ver seu cinturão mantido
Chris Weidman comemora depois de ver seu cinturão mantido
Foto: Reuters

"Não importava o que acontecesse hoje, ele ainda é o melhor de todos os tempos", afirmou o americano ao final da luta. O próximo desafiante pelo cinturão será Vitor Belfort.

A luta começou com estudo entre os lutadores, até que Weidman mostrou iniciativa e tentou derrubar o brasileiro. Se na luta anterior, ocorrida em julho, Anderson pareceu não respeitar o adversário, desta vez não houve espaço para brincadeiras e provocações.

O atleta teve dificuldades de escapar da grade e foi derrubado pelo americano, que passou a socar o rosto do ex-campeão e ficou perto de um novo nocaute. O atleta da casa usou seu wrestling apurado para manter o adversário no chão e acertar golpes contra sua cabeça.

Anderson só era capaz de tentar se defender e esperar o fim do round. No segundo assalto, a luta voltou a ocorrer em pé, e o brasileiro arriscou o chute. Entretanto, a canela do antigo campeão acertou o joelho de Weidman, o que acabou por provocar a lesão e o término antecipado do duelo.

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade