PUBLICIDADE

Lutas

Borrachinha 'esquece' Chimaev e diz 'não se interessar mais' por luta com russo

Neste sábado (17), Paulo Borrachinha encara Robert Whittaker numa das principais lutas do UFC 298, em Anaheim (EUA).

16 fev 2024 - 17h04
(atualizado às 17h04)
Compartilhar
Exibir comentários
Paulo Borrachinha em foto promocional do UFC 298
Paulo Borrachinha em foto promocional do UFC 298
Foto: Divulgação/Instagram UFC Brasil / Esporte News Mundo

Neste sábado (17), Paulo Borrachinha encara Robert Whittaker numa das principais lutas do UFC 298, em Anaheim (EUA). Será a primeira luta do brasileiro desde que teve que deixar o duelo contra Khamzat Chimaev, em outubro passado, por conta de problemas no cotovelo,

Uma lesão e infecções subsequentes o forçaram a deixar o duelo contra o russo, desafeto declarado do mineiro e com quem vem trocando há muito tempo farpas nas redes sociais e em entrevistas. O que deixaria uma possível vitória sobre o ex-campeão dos médios deixando a porta aberta para encontrar o checheno e resolver a rivalidade,

Mas talvez Borrachinha já queira deixar de lado o 'Borz' e toda a animosidade que tem com ele. Durante o media day do evento deste final de semana, o mineiro voltou a carregar nas críticas contra o desafeto, afirmando que 'ninguém o leva a sério' e que 'desistiu' de tentar o enfrentar, mesmo se vencer o neozelandês.

- Todo mundo sabe que não gosto dele (Chimaev), mas não acho que todo mundo leva esse cara a sério. Ele parou de lutar, não venceu ninguém do peso-médio, os caras do topo ou até os top-15. Ele não venceu ninguém do top-15 do peso-médio. Como a gente vai levar um caras desses a sério?- disparou o brasileiro

- Ele suou para vencer o Kamaru Usman, que chegou com dez dias para se preparar (citando seu 'substituto' no UFC 295). O Usman é um meio-médio e não teve que cortar peso e todo mundo viu como essa luta foi. Eu estava lá. Mas depois que eu vencer o Whittaker, não quero mais ouvir falar no nome dele. Quero que ele se f*** - completou.

+ Siga o Esporte News Mundo no FacebookTwitter, YouTube, Instagram, Threads, Koo e TikTok

Então, se o 'Borz' já se torna carta fora do baralho, então o que Paulo Borrachinha quer para sua próxima luta? O brasileiro quer ser o próximo a lutar pelo cinturão dos médios, o que vê uma vitória neste sábado como 'inevitável' para poder tentar novamente o título da categoria.

- Depois de enfrentar o Whittaker, com certeza irei lutar pelo cinturão. Não vejo outra coisa acontecendo depois de eu vencer, não tem outro jeito. Se você for ver, se tem um cara que é popular e luta do jeito que os fãs querem e as pessoas querem ver lutar, esse sou eu. Se eu vencer, serei o próximo - afirmou.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade