0

Vice-presidente da Fox admite aos funcionários fusão com a ESPN

Em reunião com funcionários nesta quarta-feira, chefão dos canais FOX no Brasil admitiu, após falha tentativa de venda, que emissoras devem ser fundidas com a ESPN

13 nov 2019
20h31
atualizado às 21h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Após as tentativas de venda da Fox Sports por parte da Disney depois do veto inicial do Cade sobre a fusão das emissoras, o cenário mudou. A venda não foi concretizada dentro do prazo estabelecido pelo órgão, que irá rever a situação. Internamente, o discurso entre os funcionários da Fox Sports é de pessimismo.Segundo o site "Observatório da Televisão", o vice-presidente sênior e chefe de conteúdo oficial dos canais FOX, Eduardo Zebini convocou uma reunião entre os funcionários da Fox Sports nesta quarta-feira e admitiu que a empresa deve realmente se fundir à ESPN, afirmando que a empresa já pertence à Disney.

Fox Sports pode estar com os dias contados (Foto: Reprodução)
Fox Sports pode estar com os dias contados (Foto: Reprodução)
Foto: Lance!

Ele ainda deixou claro que a Disney se esforçou para vender o conglomerado da Fox, mas que, por causa da crise financeira do mercado, não houve nenhum comprador. A fusão ainda não está sacramentada oficialmente, tendo em vista que o Cade tem um prazo de 45 dias para rever a decisão que obrigava a venda da Fox no Brasil.

Segundo a reportagem, o clima internamente entre os funcionários é ruim, pois já se esperam os inevitáveis cortes no quadro de funcionários da empresa - que não devem ser poucos. Por isto, Zebini citou os bons números de audiência dos canais Fox Sports - que são três vezes maiores que os da ESPN - para tentar levantar o moral nas redações e pedir comprometimento dos funcionários até o fim do processo.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade